Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução do dimorfismo sexual e intrasexual em opiliões da família Gonyleptidae (Arachnida: Opiliones)

Processo: 09/50031-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2009 - 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Glauco Machado
Beneficiário:Glauco Machado
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):10/10039-3 - Evolução do dimorfismo sexual e intrasexual em opiliões da família Gonyleptidae (Arachnida: Opiliones), BP.TT
09/09453-2 - Evolução do dimorfismo sexual e intra-sexual em opiliões da família Gonyleptidae (Arachnida: Opiliones), BP.TT
Assunto(s):Seleção sexual 

Resumo

A origem e a manutenção de caracteres sexuais secundários nos machos, tais como chifres, plumagem colorida e canto elaborado, têm sido motivo de interesse desde Darwin. Esses caracteres geralmente originam-se por seleção sexual, mediante mecanismos evolutivos de seleção de parceiros ou de combate pelo acesso a indivíduos do sexo oposto. O objetivo deste projeto é estabelecer as interações existentes entre a intensidade da seleção intra-sexual e a presença de morfos alternativos masculinos, assim como entre a forma de cuidado parental e o grau do dimorfismo sexual existente nos opiliões da família Gonyleptidae. Trata-se de uma proposta inédita que estabelece uma ponte entre as disciplinas de morfologia comparada e de ecologia comportamental como meio de explicar a evolução do dimorfismo sexual e inter-sexual empregando os opiliões da família Gonyleptidae como modelo de estudo. Uma característica propícia para o estudo dos padrões de dimorfismo sexual nos Gonyleptidae é a possibilidade de avaliar a importância da seleção sexual sob duas perspectivas: a ecológica e a evolutiva. Sob a perspectiva ecológica, será possível estudar o surgimento de morfos masculinos alternativos, já que quando a seleção intra-sexual é intensa espera-se que surjam indivíduos de menor tamanho especializados em roubar copulas, que investem menos em armamentos e mais em estruturas gonadais. Para tanto, o opilião Acutisoma proximum será usado como modelo de estudo, pois os machos apresentam dois morfos (territoriais e furtivos) e são conhecidas várias populações da espécie no estado de São Paulo. Sob a perspectiva evolutiva, será possível estudar a história dos caracteres morfológicos associados a armamentos já que existe na literatura uma hipótese filogenética para os Gonyleptidae em nível de subfamílias e também filogenias internas para várias destas subfamílias. Tendo em mãos as relações de parentesco entre os taxa será possível fazer inferências sobre a história evolutiva das estruturas associadas a armamentos e analisar dados quantitativos de forma comparativa. (AU)

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BUZATTO, BRUNO A.; TOMKINS, JOSEPH L.; SIMMONS, LEIGH W.; MACHADO, GLAUCO. CORRELATED EVOLUTION OF SEXUAL DIMORPHISM AND MALE DIMORPHISM IN A CLADE OF NEOTROPICAL HARVESTMEN. Evolution, v. 68, n. 6, p. 1671-1686, JUN 2014. Citações Web of Science: 20.
MUNGUIA-STEYER, ROBERTO; BUZATTO, BRUNO A.; MACHADO, GLAUCO. Male dimorphism of a neotropical arachnid: harem size, sneaker opportunities, and gonadal investment. BEHAVIORAL ECOLOGY, v. 23, n. 4, p. 827-835, JUL-AUG 2012. Citações Web of Science: 15.
ZATZ, CAMILA; WERNECK, RACHEL M.; MACIAS-ORDONEZ, ROGELIO; MACHADO, GLAUCO. Alternative mating tactics in dimorphic males of the harvestman Longiperna concolor (Arachnida: Opiliones). BEHAVIORAL ECOLOGY AND SOCIOBIOLOGY, v. 65, n. 5, p. 995-1005, MAY 2011. Citações Web of Science: 30.
BUZATTO, BRUNO A.; REQUENA, GUSTAVO S.; LOURENCO, RAFAEL S.; MUNGUIA-STEYER, ROBERTO; MACHADO, GLAUCO. Conditional male dimorphism and alternative reproductive tactics in a Neotropical arachnid (Opiliones). EVOLUTIONARY ECOLOGY, v. 25, n. 2, p. 331-349, MAR 2011. Citações Web of Science: 39.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.