Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência dos receptores tipo toll (TLRs) na reatividade vascular de ratos geneticamente hipertensos (SHR): participação do endotélio

Processo: 09/54457-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2010 - 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Cardiorenal
Pesquisador responsável:Maria Helena Catelli de Carvalho
Beneficiário:Maria Helena Catelli de Carvalho
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Endotélio  Reatividade cardiovascular 

Resumo

Os TLRs foram identificados como um dos principais receptores da resposta imune inata, reconhecendo diferentes padrões moleculares associados à patógenos, no entanto, hoje já se sabe que os TLRs também podem ser ativados por moléculas endógenas. Os TLRs são expressos em praticamente todo o organismo e sua ativação induz, principalmente, a produção de citocinas pró-inflamatórias, oxido nítrico (NO) e espécies reativas do oxigênio (EROS). Já foi demonstrado que a ativação desse receptor pode contribuir para o início e a progressão da aterosclerose, infarto do miocárdio, insuficiência cardíaca congestiva, obesidade e diabetes, e seu bloqueio tem um papel protetor nessas doenças. Um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento das doenças cardiovasculares é a hipertensão arterial (HA), a qual é caracterizada por disfunção endotelial e um fenótipo pró-inflamatório crônico, com aumento das citocinas pró-inflamatórias as quais modificam a resposta vascular. Na HA também é observado aumento plasmático da HSP60 e 70 e angiotensina II, que podem ativar os TLRs. Portanto, sabendo que há estreita inter-relação entre HA e inflamação crônica vascular, o objetivo deste projeto será avaliar a participação dos TLRs nas alterações vasculares durante a HA em animais SHR. Para isso verificaremos a expressão gênica e protéica de TLR4 na aorta, arteríola mesentérica, rim e coração em diferentes fases do processo hipertensivo e após tratamento com anti-hipertensivos. A participação do TLR4 na reatividade de microvasos a agentes vasoconstritores e vasodilatadores dependentes ou não de endotélio será também avaliada, bem como os possíveis mecanismos envolvidos, usando animais SHR tratados com anticorpo anti-TLR4. Assim, pretendemos com este estudo caracterizar a importância dos TLRs nas alterações vasculares presentes na HA, e investigar a ação destes receptores como alvo terapêutico no tratamento desta doença. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOMFIM, G. F.; ECHEM, C.; MARTINS, C. B.; COSTA, T. J.; SARTORETTO, S. M.; DOS SANTOS, R. A.; OLIVEIRA, M. A.; AKAMINE, E. H.; FORTES, Z. B.; TOSTES, R. C.; WEBB, R. C.; CARVALHO, M. H. C. Toll-like receptor 4 inhibition reduces vascular inflammation in spontaneously hypertensive rats. Life Sciences, v. 122, p. 1-7, FEB 1 2015. Citações Web of Science: 32.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.