Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação das MAP cinases ERK1, ERK2 e erk3 na regulação da proliferação e apoptose das células beta pancreáticas

Processo: 08/55673-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2008 - 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Silvana Auxiliadora Bordin da Silva
Beneficiário:Silvana Auxiliadora Bordin da Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gravidez  Lactação  Proliferação celular  Células secretoras de insulina 

Resumo

As MAP cinases (MAPKs) são proteínas pertencentes a uma superfamília altamente conservada de proteínas que desempenham um papel fundamental na transmissão de sinais extracelulares, químicos ou físicos, para o meio intracelular. A família das MAPKs melhor descrita é a das ERKs, cuja função está relacionada com a regulação do crescimento, diferenciação celular e transmissão de sinais hormonais. Há evidências de que as ERKs regulam a secreção de insulina pela célula beta pancreática; entretanto, os mecanismos pelos quais regulam a proliferação e a sobrevida celular ainda são pouco conhecidos. A fim de se estudar a participação da via das MAPKs na viabilidade de células beta, os objetivos deste trabalho são investigar o conteúdo e a atividade das ERKs clássicas 1/2 e da isoforma atípica ERK3 em 2 modelos bem caracterizados de redução de proliferação e aumento de apoptose: (1) em linhagem de células beta pancreáticas tratadas com dexametasona, e (2) em ilhotas pancreáticas isoladas de ratas durante o início da lactação. Serão estudadas a expressão de diversos genes relacionados à progressão do ciclo celular e à indução da apoptose. A participação das fosfatases MKPs na regulação das ERKs e na viabilidade celular será avaliada após bloqueio destas com RNA de interferência. (AU)