Busca avançada
Ano de início
Entree

Imunorregulação em glomerulonefrite: tradução dos achados experimentais para a prática clínica

Processo: 08/55125-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2009 - 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Convênio/Acordo: INSERM
Pesquisador responsável:Niels Olsen Saraiva Câmara
Beneficiário:Niels Olsen Saraiva Câmara
Pesq. responsável no exterior: Ivan Cruz Moura
Instituição no exterior: Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale (Inserm), França
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrologia  Nefropatias  Doença crônica 

Resumo

A doença renal crônica (DRC) em estágio terminal é um problema de saúde pública, afetando mais de 1 em 1000 indivíduos e com uma mortalidade anual de 20%, apesar da terapia de reposição renal. As glomerulonefrites (GN), especialmente as mediadas pelo sistema imune, constituem uma importante causa de DRC. Um dos objetivos principais deste projeto é estudar os mecanismos imunológicos e a sua relação com as células residentes renais no desencadeamento e na evolução da GN. Nós iremos, particularmente, focar nossos estudos em modelos in vivo e in vitro de GN mediada por imunocomplexos (anti-membrana basal) e por depósitos de IgA (a nefropatia por IgA). Recentemente, nós demonstramos a importância das células T natural killer invariantes (iNKT) na modulação da GN mediada por imunocomplexos. Nós também observamos que os imunocomplexos induzem a produção de citocinas pelas células mesangiais que podem modular o curso da GN. A estimulação das células mesangiais (MG) também leva a hiper expressão do receptor do fator de crescimento derivado de plaquetas (PDGFR) que está intimamente implicado na proliferação celular. Mais importante ainda, ele também está relacionado com a polarização para Th17 que podem suprimir a função das células T reguladoras e conseqüentemente agravar o curso da GN. Os dois grupos de pesquisadores envolvidos neste projeto tem um expertise internacional nesta área e já possuem uma colaboração iniciada há dois anos com a intenção de transferir tecnologias e conhecimentos além de formar alunos experientes tanto na pesquisa clínica como experimental, incluindo modelos animais biológicos. Este projeto irá contribuir fortemente para o melhor entendimento dos mecanismos patogênicos das GN, contribuindo para desenvolvimento de estratégias alternativas de tratamento da doença, inclusive a forma recorrente após o transplante. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA, RAFAEL L.; BUSCARIOLLO, BRUNA N.; CORREA-COSTA, MATHEUS; SEMEDO, PATRICIA; OLIVEIRA, CASSIANO D.; REIS, VANESSA O.; MAQUIGUSSA, EDGAR; ARAUJO, RONALDO C.; BRAGA, TARCIO T.; SOARES, MARIA F.; MOURA, IVAN C.; MALHEIROS, DENISE M. A. C.; PACHECO-SILVA FILHO, ALVARO; KELLER, ALEXANDRE C.; CAMARA, NIELS O. S. Bradykinin receptor 1 activation exacerbates experimental focal and segmental glomerulosclerosis. Kidney International, v. 79, n. 11, p. 1217-1227, JUN 2011. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.