Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de diferentes fontes de nitrogênio não-proteico em dietas de bovinos Nelore confinados. i desempenho e características de carcaça. II. parâmetros ruminais e sanguíneos

Processo: 08/06089-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2008 - 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Jose Carlos Machado Nogueira Filho
Beneficiário:Jose Carlos Machado Nogueira Filho
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Ureia  Ruminantes  Proteínas 

Resumo

O objetivo geral deste trabalho consiste em estudar o efeito da substituição de farelo de soja por diferentes fontes de NNP (uréia e uréia de liberação lenta) em dietas com elevada proporção de concentrado, sobre a performance de bovinos Nelore confinados e nos parâmetros ruminais e sanguíneos de bovinos Nelore fistulados. Para tal, serão realizados dois experimentos, um de confinamento (experimento I) e um ensaio digestivo (experimento II). As dietas dos tratamentos serão formuladas a fim de fornecer as mesmas quantidades de PB, NDT e PDR, diferenciando-se apenas as fontes de NNP. No experimento I serão utilizados 48 animais, distribuídos em quatro baias, e confinados com os seguintes tratamentos: 1) C: controle, 2) U+UL: (uréia e uréia de liberação lenta na proporção de 1,0% e 0,72% da MS) 3) U: (uréia na proporção de 1,66% da MS) e 4) UL: (uréia de liberação lenta na proporção de 1,8% da MS). Serão avaliados o desempenho, algumas características da carcaça e da qualidade da carne dos animais. O delineamento experimental será em blocos casualizados. No experimento II, serão utilizados quatro novilhos da raça Nelore, portadores de cânulas ruminais em delineamento experimental quadrado latino (4×4), com quatro tratamentos (idem experimento I) e quatro períodos, avaliando-se os seguintes parâmetros: determinação do desaparecimento in situ, fermentação ruminal, contagem de microrganismos ruminais, determinação da digestibilidade in vivo, determinação da proteína microbiana e análises de uréia no plasma sanguíneo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.