Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da neuroplasticidade colinérgica nicotínica na amígdala, após estimulação cognitiva, em um modelo animal de neurodegeneração e no envelhecimento

Processo: 07/07433-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2009 - 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Tânia Araújo Viel
Beneficiário:Tânia Araújo Viel
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças neurodegenerativas  Doença de Alzheimer  Plasticidade neuronal  Tonsila do cerebelo  Receptores nicotínicos  Processos cognitivos  Envelhecimento 

Resumo

Os processos cognitivos dependem da inter-relação de áreas como córtex, hipocampo e outras estruturas límbicas. A degeneração crônica dessas estruturas leva a estados de demência progressiva com conseqüente declínio da memória, como o que ocorre na doença de Alzheimer. Resultados recentes do nosso grupo mostraram que a infusão do peptídeo beta-amilóide (beta-A) no ventrículo lateral de ratos, acompanhada de treino semanal em esquiva ativa, promoveu neurodegeneração cortical e hipocampal e redução parcial da capacidade de memorização. Esses animais também apresentaram um aumento da densidade de sítios de ligação para acetilcolina (ACh) nos receptores nicotínicos alfa7* em regiões cerebrais relacionadas a emoções e respostas de defesa, como a amígdala. A hipótese levantada é a de que o treinamento semanal promoveu a estimulação de novas vias neuronais, contribuindo para a manutenção da memória. Esse projeto irá analisar a neuroplasticidade colinérgica na amígdala, avaliando a sua contribuição para a memória quando ocorre degeneração das áreas hipocampais e corticais. Para isso, utilizaremos esquiva ativa de duas vias e esquiva inibitória para testes de aprendizagem e memória, ambiente enriquecido como estímulo cognitivo não-estressante, radioautografia para receptores alfa7 e imunohistoquímica para avaliação da formação da ACh e neuroplasticidade, aplicadas a camundongos transgênicos para a doença de Alzheimer e ratos em processo de envelhecimento. Este estudo poderá fornecer subsídios para novas abordagens terapêuticas de transtornos neuropsiquiátricos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SCHOWE, NATALIA MENDES; DE OLIVEIRA, EDUARDO MOREIRA; BUCK, HUDSON SOUSA; VIEL, TANIA ARAUJO. Dataset for the role of sustained attention in memory formation of transgenic mice for Alzheimer's disease. DATA IN BRIEF, v. 6, p. 763-768, MAR 2016. Citações Web of Science: 0.
BARALDI, TICIANA; SCHOEWE, NATALIA MENDES; BALTHAZAR, JANAINA; MONTEIRO-SILVA, KARLA CRISTINA; ALBUQUERQUE, MARILIA SILVA; BUCK, HUDSON SOUSA; VIEL, TANIA ARAUJO. Cognitive stimulation during lifetime and in the aged phase improved spatial memory, and altered neuroplasticity and cholinergic markers of mice. Experimental Gerontology, v. 48, n. 8, p. 831-838, AUG 2013. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.