Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da atividade física regular moderada na hipertensão crônica com presença ou ausência de hipertrofia cardíaca em indivíduos adultos de Ermelino Matarazzo

Resumo

A atividade física tem sido indicada para casos de obesidade, distúrbios metabólicos (hipercolesterolemia) e hipertensão arterial. Sua indicação vale tanto como terapia alternativa como para ajudar no tratamento farmacológico, quando este é necessário. O objetivo deste projeto é investigar a correlação entre hipertensão e hipertrofia cardíaca e o efeito da atividade física moderada praticada regularmente sobre estes dois parâmetros em uma amostra representativa de adultos da zona leste do Município de São Paulo. A hipótese é que a prática regular de atividade física moderada contribui para a manutenção da pressão arterial em níveis adequados e pode, além de ajudar a reverter quadros de hipertensão crônica, contribuir de forma benéfica nos casos de hipertrofia cardíaca. Métodos: A partir da amostra obtida de um estudo transversal observacional para verificar relação entre indicadores de meio-ambiente e nível de atividade física de adultos e idosos do Distrito de Ermelino Matarazzo, zona leste do município de São Paulo, serão selecionados os sujeitos para o desenvolvimento deste projeto. Indivíduos normotensos e hipertensos na proporção de 1:2 farão parte do presente protocolo, com um n de 90. O grupo será randomicamente submetido a um programa de atividade física moderada regular com duração de 10 meses e será feito um acompanhamento mensal da pressão arterial de repouso e trimestral da morfologia cardíaca para posterior comparação com os parâmetros prévios (antes do início do programa). Análise de resultados: Serão utilizadas análises paramétricas, para avaliar a evolução do indivíduo submetido ao protocolo e análises de variância e/ou co-variância com pos-hoc de múltipla comparação entre os grupos. Será usado pacote estatístico confiável (SPSS) para as análises multigrupo e multifatorial. O critério de significância estatística entre os grupos será de P<0.05. Os resultados serão expressos como média±EPM. Para melhor ilustrar os resultados na devolutiva aos sujeitos serão explorados gráficos, tabelas e sumários, que deverão compor o manuscrito final. Resultados esperados: Pretendemos avaliar possível correlação entre hipertensão, hipertrofia cardíaca e atividade física moderada e demonstrar o papel potencial da atividade física moderada no tratamento não farmacológico e preventivo da hipertensão crônica acompanhada ou não de hipertrofia cardíaca. A geração deste conhecimento pode reforçar a importância da atividade física em um estilo de vida saudável e cria a perspectiva de propostas de intervenções de programas de atividade física, aprimorando as ações nas unidades básicas de saúde. (AU)