Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação das etapas iniciais do sinal insulínico em ratos tratados cronicamente com fluoreto de sódio

Processo: 09/00086-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2009 - 31 de maio de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Doris Hissako Sumida
Beneficiário:Doris Hissako Sumida
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Diabetes mellitus  Resistência à insulina 

Resumo

Nos últimos anos, tem havido uma redução acentuada nos índices de cárie dentária em diversas regiões do mundo, fato que se tem atribuído à exposição às substâncias fluoretadas, principalmente na forma de água de abastecimento público e dentifrício. Simultaneamente, nota-se a ocorrência do aumento da prevalência de fluorose dentária. Estudo realizado em 25 pacientes (15 a 30 anos de idade) com fluorose endêmica mostrou que 40% destes tinham a tolerância à glicose prejudicada, porém esta anomalia foi revertida com a remoção do excesso do flúor na água consumida. O NaF ocasiona inibição da glicólise, diminuição da secreção de insulina e hiperglicemia. Muitas destas respostas sugerem que o NaF pode ocasionar resistência à insulina. Se isto for confirmado, é recomendável diminuir a concentração de fluoreto nos dentifrícios utilizados principalmente por crianças diabéticas, pois a ingestão de pasta dental contendo flúor pode levar à piora na situação de saúde destas crianças. Sabendo-se que o fluoreto pode alterar o metabolismo de carboidratos, tornou-se fundamental caracterizar o efeito do NaF sobre: 1) o grau de fosforilação em tirosina e serina da pp185 (IRS-1/IRS-2), em tecido sensíveis à insulina; 2) a fluoremia, glicemia e e insulinemia. Para tanto, serão utilizados ratos Wistar (1 mês de idade) castrados. Após 30 dias da castração, os animais serão divididos aleatoriamente em dois grupos: 1) grupo controle (CN), o qual será submetido ao tratamento sem NaF, mas com uma solução de NaCl (9,54 mg/kg p.c.) que contém a mesma quantidade de sódio em relação à do grupo fluoreto de sódio; 2) grupo NaF (FN) que será submetido ao tratamento com NaF (4,0 mg de flúor/kg p.c.) na água de beber e na ração, durante 42 dias. Após 6 semanas, será realizado a quantificação do grau de fosforilação da pp185, após estímulo insulínico, em tecidos sensíveis à insulina. Também será realizada a avaliação de insulinemia, glicemia e conteúdo de fluoreto na ração e plasma. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHIBA, FERNANDO YAMAMOTO; SALIBA GARBIN, CLEA ADAS; SUMIDA, DORIS HISSAKO. EFFECT OF FLUORIDE INTAKE ON CARBOHYDRATE METABOLISM, GLUCOSE TOLERANCE, AND INSULIN SIGNALING. FLUORIDE, v. 45, n. 3, 2, p. 236-241, JUL-SEP 2012. Citações Web of Science: 6.
CHIBA, FERNANDO YAMAMOTO; COLOMBO, NATALIA HELENA; SHIRAKASHI, DAISY JAQUELINE; DA SILVA, VIVIANE CLICIE; SALIBA MOIMAZ, SUZELY ADAS; SALIBA GARBIN, CLEA ADAS; ANTONIALI, CRISTINA; SUMIDA, DORIS HISSAKO. NaF treatment increases TNF-alpha and resistin concentrations and reduces insulin signal in rats. JOURNAL OF FLUORINE CHEMISTRY, v. 136, p. 3-7, APR 2012. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.