Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão gênica do P53 e C-myc de tumores dos anexos oculares em cães

Processo: 08/00429-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2008 - 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Alexandre Lima de Andrade
Beneficiário:Alexandre Lima de Andrade
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Oftalmologia veterinária  Neoplasias oculares  Carcinoma de células escamosas  Expressão gênica  Reação em cadeia por polimerase (PCR) 

Resumo

A ocorrência de tumores oculares em pequenos animais é baixa, no entanto, grande parte dos diagnósticos de tumores envolvendo o globo ocular é de origem epitelial, sendo o carcinoma de células escamosas o mais maligno dos tumores, e com uma incidência variando de três até 20%. As pálpebras, as conjuntivas e a córnea são as estruturas mais freqüentemente afetadas. Dentre as diversas tecnologias empregadas para explorar a expressão gênica nas neoplasias, as técnicas de PCR e RT-PCR têm demonstrado serem úteis para a determinação da expressão dos oncogenes envolvidos na gênese desses tumores. O recente crescimento das pesquisas em biologia molecular como um instrumento importante no estudo dos processos neoplásicos tem identificado uma grande variedade do número de marcadores que podem formar uma base para a estratificação de vários tipos de neoplasias em humanos e em cães, auxiliando no diagnóstico, terapia e prognóstico. O gene p53, também chamado de "guardião do genoma" está localizado, no homem, no cromossomo 17 e é o alvo mais comum para alterações genéticas nos tumores em humanos e animais. O oncogene C-myc tem sido apontado como peça central na carcinogênese em diversos tumores em humanos. Estudos recentes demonstram a participação, direta e indireta da proteína C-myc com ação na regulação do ciclo celular, diferenciação, metabolismo, crescimento celular, apoptose, instabilidade genômica, imortalidade, angiogênese e sensibilidade a fármacos quimioterápicos. Como objetivo, o presente trabalho pretende analisar a expressão gênica desses oncogenes em carcinomas escamo celulares do globo ocular de cães. Para tanto, utilizar-se-ão doze fragmentos parafinados previamente classificados histologicamente. Utilizar-se-ão as técnicas de PCR e RT-PCR para identificação da presença desses genes e sua expressão, respectivamente. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LOPES, RODRIGO ANTONIO; CARDOSO, TEREZA CRISTINA; RUI LUVIZOTTO, MARIA CECILIA; DE ANDRADE, ALEXANDRE LIMA. Occurrence and expression of p53 suppressor gene and c-Myc oncogene in dog eyelid tumors. VETERINARY OPHTHALMOLOGY, v. 13, n. 2, p. 69-75, MAR 2010. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.