Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção e caracterização de anticorpos monoclonais contra antígenos de metacestoides de Taenia saginata

Resumo

O complexo teníase-cisticercose é uma zoonose de grande importância para saúde pública e para o setor agropecuário. O homem pode infectar-se ao ingerir carne bovina crua ou mal cozida contendo cisticercos e, à semelhança dos suínos, também pode atuar como hospedeiro intermediário, desenvolvendo a neurocisticercose, forma mais frequente e grave da doença. Na pecuária bovina de corte, esta zoonose tem causando perdas econômicas consideráveis para devido ao aumento da incidência. Uma das medidas de controle do complexo é o diagnóstico post-mortem realizado nas carcaças bovinas, a qual apresenta um limiar de detecção limitado quando os animais são levemente infectados, além de permitir a detecção do parasita somente após a morte do animal, quando já não é possível evitar as perdas econômicas ou realizar o tratamento. A sorologia, por outro lado, pode revelar baixos níveis de anticorpos em infecções leves, mas não identifica infecção corrente. Uma alternativa tem sido a utilização de anticorpos monoclonais (mAbs) para a detecção de antígenos de T. saginata em bovinos. Objetiva-se assim obter e caracterizar anticorpos monoclonais contra extratos antigênicos de formas metacestóides de Taenia saginata para desenvolvimento de teste diagnóstico aplicável nos rebanhos bovinos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VICENTINI-OLIVEIRA, JOSY CAMPANHA; GOLIM, MARJORIE A.; PAULAN, SILVANA DE CASSIA; BIONDI, GERMANO FRANCISCO; ROSSI-FERREIRA, ROSANA; DEFFUNE, ELENICE; NUNES, CARIS MARONI. Taenia saginata: Production and characterization of monoclonal antibodies against Taenia saginata metacestode antigens. Experimental Parasitology, v. 126, n. 4, p. 621-625, DEC 2010. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.