Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de microrganismos, quantificação de endotoxinas e avaliação in vivo do extrato glicólico de própolis em dentes com necrose pulpar e lesão periapical

Processo: 09/54621-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2010 - 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Cláudio Antonio Talge Carvalho
Beneficiário:Cláudio Antonio Talge Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOSJC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):10/06460-5 - Identificação de microrganismos, quan tificação de endotoxinas e avaliação in vivo do extrato glicólico de própolis em dentes com necrose pulpar e lesão periapical, BP.TT
Assunto(s):Reação em cadeia por polimerase (PCR)  Endotoxinas  Medicação intracanal  Própolis  Micro-organismos 

Resumo

O presente estudo tem como objetivo avaliar, in vivo, a ação do extrato glicólico de própolis e medicação intracanal sobre microrganismos, através da identificação de microrganismos por método molecular de Reação em Cadeia de Polimerase (PCR) e da quantificação de endotoxinas presentes em canais radiculares; uma vez que estudos prévios realizados in vitro mostraram resultados promissores para este extrato natural. Serão utilizados 36 dentes humanos, divididos em 3 grupos (n=12), de acordo com a substância química auxiliar utilizada durante o preparo biomecânico: 1) Hipoclorito de sódio 1%, 2) Clorexidina gel 2% intercalada com solução salina fisiológica, 3) Extrato glicólico de própolis intercalado com solução salina fisiológica. Serão realizadas coletas do conteúdo do canal radicular imediatamente após a abertura coronária, imediatamente após a instrumentação e após 14 dias da ação da medicação intracanal de hidróxido de cálcio. Para todas as coletas serão realizados os seguintes testes: avaliação da atividade antimicrobiana através do método molecular; análise da quantidade de endotoxina verificada pelo lisado de amebócitos de Limulus. Os dados obtidos pela análise de PCR serão analisados estatisticamente utilizando-se SPSS for Windows. O teste do q-quadrado de Pearson ; ou o teste de Fisher serão utilizados na correlação de sintomas e sinais com presença bacteriana. Os dados de endotoxinas serão submetidos ao teste de sinais de postos de Wilcoxon e ao teste de Dunn. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
XAVIER, ANA CLAUDIA C.; MARTINHO, FREDERICO C.; CHUNG, ADRIANA; OLIVEIRA, LUCIANE D.; JORGE, ANTONIO O. C.; VALERA, MARCIA C.; CARVALHO, CLAUDIO A. T. One-Visit Versus Two-Visit Root Canal Treatment: Effectiveness in the Removal of Endotoxins and Cultivable Bacteria. JOURNAL OF ENDODONTICS, v. 39, n. 8, p. 959-964, AUG 2013. Citações Web of Science: 27.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.