Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura testicular, espermiogênese e ultraestrutura dos espermatozóides de alguns gêneros Incertae Sedis em Characidae (Teleostei: Characiformes) e suas implicações filogenéticas

Processo: 10/05104-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2010 - 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Irani Quagio Grassiotto
Beneficiário:Irani Quagio Grassiotto
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Pesq. associados:Katiane Mara Ferreira ; Luiz Roberto Malabarba ; Naercio Aquino Menezes ; Ricardo Cardoso Benine
Assunto(s):Filogenia  Espermatozoides 

Resumo

A família Characidae apresenta 12 subfamílias e um conjunto de oitenta e oito gêneros não assinalados a nenhuma subfamília e, portanto, considerados incertae sedis. Neste grupo são inúmeros os problemas taxonômicos/filogenéticos. A maior parte destes gêneros até recentemente encontrava-se alocado na subfamília Tetragonopterinae, mas dada à falta de evidências de que Tetragonopterinae constitui um grupamento monofilético, hoje, mantém-se na subfamília apenas o gênero Tetragonopterus. Os gêneros incertae sedis em Characidae constituem grupo imenso e heterogêneo de peixes, predominantemente pequenos, abundantes nos rios e em outros habitats aquáticos da região neotropical. O conhecimento das relações de parentesco entre os Characidae e consequentemente entre os antigos Tetragonopterinae tem por base principalmente características osteológicas e de anatomia de partes moles. Sabe-se que as características reprodutivas podem conter importantes sinais filogenéticos. Portanto pretende-se aqui descrever a estrutura testicular, o tipo de espermiogênese e os caracteres ultraestruturais dos espermatozóides de representantes de alguns dos gêneros incertae sedis em Characidae, anteriormente alocados em Tetragonopterinae. A espermiogênese e a ultraestrutura dos espermatozóides dos gêneros analisados serão comparadas entre si e com as demais subfamílias de Characidae, especialmente com Tetragonopterus, na tentativa de verificar possíveis agrupamentos monofiléticos e elucidar os padrões evolutivos dos 'Tetragonopterinae'. (AU)