Busca avançada
Ano de início
Entree

Potencial carcinogênico do agente plastificante Di-n-Butil-Ftalato (DBP) sobre a próstata de ratos adultos expostos desde o período fetal, iniciados pela N-Metil-N-Nitrosuréia (MNU)

Processo: 10/01143-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Wellerson Rodrigo Scarano
Beneficiário:Wellerson Rodrigo Scarano
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesq. associados:Luís Fernando Barbisan ; Raquel Fantin Domeniconi ; Sebastião Roberto Taboga ; Sérgio Luis Felisbino
Assunto(s):Histologia animal  Biologia  Reprodução animal  Imuno-histoquímica  Toxicologia  Neoplasias da próstata  Carcinógenos 

Resumo

Sabe-se que fatores ambientais e de estilo de vida, tais como a dieta, são capazes de induzir significativas mudanças na concentração e no metabolismo dos hormônios esteróides sexuais, o que pode contribuir para o desenvolvimento do câncer de próstata. Com base nisso, os hormônios e as vias de interação hormônio-célula podem ser considerados intermediadores dos fatores exógenos, como o ambiente ou a nutrição, e os alvos moleculares do processo de iniciação, promoção e progressão do câncer. Tendo em vista a problemática mundial com relação à degradação dos materiais plásticos (embalagens, sacos plásticos, etc) e sua dispersão no meio ambiente, e diante de estudo realizado anteriormente onde observamos alterações histopatológicas e bioquímicas na próstata de animais expostos ao DBP (Di-N-Butil-ftalato) no período perinatal, este estudo tem por objetivo avaliar o potencial carcinogênico do DBP administrado desde o período fetal em um modelo de carcinogênese química prostático. Ratas prenhes serão divididas em 4 grupos experimentais: 2 tratados, n=16/grupo (TDBP100 e TDBP500) e 2 controles n=8/grupo (CN [Controle Negativo] e CMNU [Controle MNU]). Os animais tratados serão expostos ao DBP (100 mg/kg [TDBP100] e 500 mg/kg [TDBP500]) do 15º. dia de gestação (mães) até a 21º. dia pós-natal (diariamente), enquanto que os animais controle receberão somente os veículos. Após o desmame, os machos serão separados e os grupos TDBP100, TDBP500 e CMNU receberão dose única de MNU (N-Metil-N-Nitrosuréia- 50 mg/Kg) na sexta semana pós-natal, período que segundo a literatura coincide com o segundo pico de proliferação epitelial na morfogênese prostática em ratos. Metade dos animais dos grupos tratados (TDBP100 e TDBP500), n=8/grupo, continuarão recebendo o DBP após o desmame em doses semanais até o dia do sacrifício, enquanto os demais serão mantidos pelo mesmo período sem tratamento, visando avaliar apenas o efeito do DBP no período crítico de organogênese prostática. Os animais serão mortos por volta do 180º. dia pós-natal por decapitação pra coleta de sangue (dosagem hormonal) e dos órgãos reprodutores. Os órgãos reprodutores serão pesados e fragmentos dos lobos ventral e dorsolateral da próstata serão processados para inclusão em resina e paraplast para as análises histopatológica, estereológica, citoquímica e imunohistoquímica para a detecção de AR (receptor de andrógeno), P63 (Células epiteliais basais - prostatic stem cells) e Ki 67. Fragmentos de próstata ventral serão congelados em nitrogênio líquido e estocados a -80ºC, sendo destinadas à reação de Western Blot para avaliar a expressão do receptor de andrógeno e caspase 3 (apoptose). Este estudo pretende dar prosseguimento a estudo realizado e publicado recentemente pelo nosso grupo de pesquisa visando consolidar no âmbito departamental linha de pesquisa em Toxicologia e Carcinogênese Prostática. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEIXOTO, ANDRE R.; SANTOS, TALITA M.; BRANDT, JOYCE Z.; DELELLA, FLAVIA K.; GONCALVES, BIANCA F.; CAMPOS, SILVANA G. P.; TABOGA, SEBASTIAO R.; FAVARO, WAGNER J.; DOMENICONI, RAQUEL F.; SCARANO, WELLERSON R. Gestational and lactational exposition to Di-N-butyl-phthalate (DBP) increases inflammation and preneoplastic lesions in prostate of wistar rats after carcinogenic N-methyl-N-nitrosourea (MNU) plus testosterone protocol. ENVIRONMENTAL TOXICOLOGY, v. 31, n. 10, p. 1185-1195, OCT 2016. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.