Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de nematódeos parasitas de bovinos e ovinos com a utilização de marcadores moleculares

Processo: 07/07182-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2008 - 31 de julho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Mônica Regina Vendrame Amarante
Beneficiário:Mônica Regina Vendrame Amarante
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Helmintologia  Ovinos  Bovinos  Marcador molecular 

Resumo

As infecções por nematódeos gastrintestinais causam grandes prejuízos nas criações de ruminantes, os quais albergam infecções mistas com várias espécies desses helmintos. A infecção é diagnosticada pela contagem de ovos eliminados nas amostras fecais, mas para a determinação dos gêneros é necessário fazer coprocultura, que necessita de pelo menos uma semana para a obtenção de larvas infectantes, que são identificadas. Além disso, nos estudos epidemiológicos em que a identificação das espécies é imprescindível, faz-se necessário o sacrifício dos animais parasitados para a colheita dos nematódeos adultos, que só então são classificados em espécie. Este procedimento tem alto custo e é muito laborioso. Portanto, é imperativo que sejam desenvolvidos métodos sensíveis e eficientes que possam ser aplicados com rapidez e precisão para diagnosticar as diferentes espécies de nematódeos. A utilização da reação em cadeia da polimerase (PCR), com o emprego de seqüências de oligonucleotídeos iniciadores (primers) possibilita a caracterização de parasitas a partir de quantidades diminutas de material experimental. O objetivo principal deste trabalho é testar alguns pares de primers quanto a sua especificidade empregando doze espécies de nematódeos (Cooperia pectinata, Cooperia punctata, Cooperia spatulata, Haemonchus contortus, Haemonchus placei, Haemonchus similis, Oesophagostomum radiatum, Oesophagostomum columbianum, Trichostrongylus axei, Trichostrongylus colubriformis, Trichuris discolor e Trichuris globulosa) obtidas de ovinos e bovinos. Para tanto, serão realizados: o isolamento do DNA genômico dos exemplares de nematódeos adultos de cada espécie, bem como dos ovos e/ou larvas presentes nas fezes de bovinos e ovinos, as reações de PCR com primers específicos e a validação da técnica molecular em laboratório em animais naturalmente infectados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
AMARANTE, M. R. V.; BASSETTO, C. C.; NEVES, J. H.; AMARANTE, A. F. T. Species-specific PCR for the identification of Cooperia curticei (Nematoda: Trichostrongylidae) in sheep. JOURNAL OF HELMINTHOLOGY, v. 88, n. 4, p. 447-452, DEC 2014. Citações Web of Science: 2.
DOS SANTOS, MICHELLE CARDOSO; VENDRAME AMARANTE, MONICA REGINA; LUCAS DA SILVA, MARIA REGINA; TALAMINI DO AMARANTE, ALESSANDRO FRANCISCO. Differentiation of Haemonchus placei from Haemonchus contortus by PCR and by morphometrics of adult parasites and third stage larvae. Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária, v. 23, n. 4, p. 495-500, OCT-DEC 2014. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.