Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular e funcional do corpo cromatóide na espermatogênese de vertebrados

Processo: 07/04521-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2008 - 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira
Beneficiário:Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Corpo cromatóide  Vertebrados  Meiose  Espermatogênese 

Resumo

O nucléolo é um território particular do núcleo, que está relacionado com a compartimentalização das funções nucleares. A formação do nucléolo é um processo dinâmico no desenvolvimento da vida da célula sendo denominado nucleologênese. Visto ao microscópio eletrônico de transmissão, o nucléolo geralmente apresenta três domínios nucleolares maiores: o centro fibrilar (CF), o componente fibrilar denso (CFD) e o componente granular (CG), contudo, durante a nucleologênese, esses domínios desorganizam-se e reorganizam-se no ciclo celular. Em ciclos celulares de plantas e de animais, quando as células entram em mitose e cessa-se a transcrição do DNAr na prófase, os nucléolos desintegram-se estruturalmente e a maior parte das proteínas nucleolares migra para o citoplasma. Parte dessas proteínas nucleolares pode permanecer associada às Regiões Organizadoras Nucleolares (RONs) dos cromossomos mitóticos, dissolver-se no citoplasma ou, ainda, ligar-se à periferia cromossômica, como uma bainha pericromossomal. Imediatamente após a segregação dos cromossomos no final da anáfase, a transcrição do DNAr é reativada e os nucléolos gradualmente reorganizam-se. A reorganização do nucléolo inicia-se quando o material nucleolar formado por complexos RNA/proteínas, condensa-se e reúne-se em estruturas discretas denominadas de corpos pré-nucleolares (PNBs) que, subseqüentemente, fundem-se nas RONs cromossômicas, na telófase e no início da intérfase, fornecendo, assim, a base da formação de nucléolos interfásicos maduros. Alguns estudos foram realizados, com o objetivo de acompanhar o ciclo nucleolar durante a divisão meiótica, porém os dados ainda são conflitantes. Alguns autores relacionam a distribuição do material nucleolar durante a divisão meiótica, com a formação de uma estrutura denominada corpo cromatóide (CB). O CB é uma estrutura citoplasmática exclusiva de células espermatogênicas, que tem sido indicada como possuindo um papel no estoque de RNA e proteínas para diferenciação final dos espermatozóides. Segundo alguns autores, durante a meiose o material nucleolar se fragmenta e migra para o citoplasma formando estruturas chamadas "nuages", essas estruturas acabam se coalescendo, no citoplasma, e formando o CB. Porém alguns autores acreditam que o CB seja formado por aglomerados de material inter-mitocondrial. Portanto, o objetivo do presente estudo será acompanhar o ciclo nucleolar durante a espermatogênese de cinco espécies de vertebrados: Oreochromis niloticus (Teleostei, Cichlidae), Dendropsophus minutus (Amphibia, Anura), Phrynops geoffroanus (Reptilia, Testudines), Meriones unguiculatus (Mammalia, Rodentia) e Oryctolagus cuniculus (Mammalia, Lagomorpha) e, relacionar a distribuição do material nucleolar com a formação do CB nas células espermatogênicas. Os estudos serão realizados por meio de análises citoquímicas convencionais (Hematoxilina-Eosina - HE; Reação de Feulgen; Impregnação pelos íons prata; Azul de Toluidina - AT; Variante da técnica da concentração eletrolítica crítica - CEC), citoquímica de enzimas, microscopia eletrônica de transmissão, análises citogenéticas e imunocitoquímica. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PERUQUETTI, RITA L.; TABOGA, SEBASTIAO R.; CABRAL, SILVIA R.; DE OLIVEIRA, CLASSIUS; AZEREDO-OLIVEIRA, MARIA T. Relationship between the nucleolar cycle and chromatoid body formation in the spermatogenesis of Phrynops geoffroanus (Reptilia Testudines). Animal Cells and Systems, v. 16, n. 2, p. 104-113, APR 2012. Citações Web of Science: 0.
PERUQUETTI, RITA LUIZA; TABOGA, SEBASTIAO ROBERTO; DE SOUZA SANTOS, LIA RAQUEL; DE OLIVEIRA, CLASSIUS; VILELA DE AZEREDO-OLIVEIRA, MARIA TERCILIA. Nucleolar cycle and chromatoid body formation Is there a relationship between these two processes during spermatogenesis of Dendropsophus minutus (Amphibia, Anura)?. Micron, v. 42, n. 1, p. 87-96, JAN 2011. Citações Web of Science: 6.
PERUQUETTI, RITA LUIZA; TABOGA, SEBASTIAO ROBERTO; VILELA DE AZEREDO-OLIVEIRA, MARIA TERCILIA. Nucleolar Cycle and Its Correlation with Chromatoid Bodies in the Tilapia rendalli (Teleostei, Cichlidae) Spermatogenesis. Anatomical Record-Advances in Integrative Anatomy and Evolutionary Biology, v. 293, n. 5, p. 900-910, MAY 2010. Citações Web of Science: 7.
PERUQUETTI, R. L.; TABOGA, S. R.; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V. Expression of acid phosphatase in the seminiferous epithelium of vertebrates. Genetics and Molecular Research, v. 9, n. 2, p. 620-628, 2010. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.