Busca avançada
Ano de início
Entree

Composição corporal e densidade mineral óssea de usuárias de acetato de medroxiprogesterona de depósito

Processo: 09/15595-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2010 - 30 de junho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Ilza Maria Urbano Monteiro
Beneficiário:Ilza Maria Urbano Monteiro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Composição corporal  Tocoginecologia 

Resumo

INTRODUÇÃO: O acetato de medroxiprogesterona de depósito 150 mg/ml (Depo-Provera) é um método contraceptivo injetável, de alta efetividade em longo prazo. O ganho de peso é frequentemente citado pelas mulheres que fazem uso deste, sendo então uma das razões para descontinuação do método. Estudos mostram que este método na realidade provoca pequeno aumento do peso corporal, porém não há estudos que demonstrem quais são as mudanças na composição corporal a partir do uso deste método. O desconhecimento sobre o motivo e ocorrência do ganho de peso em usuárias de Depo-Provera impede clínicos de serem capazes de orientar as mulheres sobre o aumento de peso. OBJETIVO: Comparar composição corporal e a densidade mineral óssea de usuárias de acetato de medroxiprogesterona de depósito com usuárias de dispositivo intra-uterino Tcu. SUJEITOS E MÉTODOS: O estudo será uma coorte prospectiva com acompanhamento de um ano, composto por dois grupos: 26 usuárias de acetato de medroxiprogesterona de depósito como grupo estudo e 26 usuárias de dispositivo intra-uterino Tcu como grupo controle, pareadas por idade e peso. Os sujeitos serão selecionados no Ambulatório de Planejamento Familiar do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Serão realizadas duas avaliações da composição corporal e densitometria mineral óssea pela técnica de densitometria de duplo feixe de raios-X (DEXA) no Serviço de Medicina Nuclear do Departamento de Radiologia da Faculdade de Ciências Médicas, sendo a primeira avaliação antes de se iniciar o uso do método contraceptivo e a segunda após um ano de uso do método. Análise dos dados: as informações serão codificadas e duplamente digitadas, utilizando o programa Epi info 6.04. A evolução e a diferença entre os grupos quanto à composição corporal e a densidade mineral óssea serão avaliadas através do teste ANOVA que é utilizado para avaliar medidas repetidas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DAL'AVA, NATALIA; BAHAMONDES, LUIS; BAHAMONDES, M. VALERIA; BOTTURA, BRUNA F.; MONTEIRO, ILZA. Body weight and body composition of depot medroxyprogesterone acetate users. Contraception, v. 90, n. 2, p. 182-187, AUG 2014. Citações Web of Science: 10.
DAL'AVA, NATALIA; BAHAMONDES, LUIS; VALERIA BAHAMONDES, M.; SANTOS, ALLAN DE OLIVEIRA; MONTEIRO, ILZA. Body weight and composition in users of levonorgestrel-releasing intrauterine system. Contraception, v. 86, n. 4, p. 350-353, OCT 2012. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.