Busca avançada
Ano de início
Entree

Genótipos da haptoglobina nas doenças falciformes

Processo: 08/01690-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2008 - 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Maria de Fatima Sonati
Beneficiário:Maria de Fatima Sonati
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):08/07114-3 - Genótipos da haptoglobina nas doenças falciformes, BP.TT
Assunto(s):Polimorfismo genético 

Resumo

A haptoglobina (Hp) humana é uma alfa-2-sialoglicoproteína plasmática, sintetizada pelos hepatócitos, que consiste de duas cadeias polipeptídicas alfa, variáveis, associadas a duas cadeias beta, constantes (alfa2beta2). O lócus HP foi mapeado em 16q22 e dois alelos codominantes, HP1 e HP2, respondem pela variabilidade das cadeias alfa. De sua combinação resultam três genótipos/fenótipos principais (Hp1-1, Hp2-1 e Hp2-2), que correspondem a proteínas com características físico-químicas e funcionais distintas. A função primordial da Hp é de se ligar à hemoglobina livre no plasma, impedindo a excreção renal de ferro e protegendo os vasos de seus efeitos oxidativos. Nesse sentido, numerosos estudos têm demonstrado que a maior eficiência anti-oxidativa é a do fenótipo Hp1-1. A Hp é ainda uma proteína de fase aguda positiva, com capacidade imunomodulatória, mas, neste aspecto, o fenótipo Hp2-2 parece ser mais bem sucedido. A anemia falciforme, homozigose do gene da Hb S (alfa2beta2-6-GLU-VAL), é uma anemia hemolítica crônica grave que evolui com eventos vaso-oclusivos e ocorre predominantemente entre os afro-descendentes. O estresse oxidativo, particularmente no endotélio, parece ter uma forte influência na gênese da vaso-oclusão e, assim, na evolução clínica da doença e na sobrevida dos pacientes. Recentemente, um grupo de autores americanos sugeriu que o fenótipo Hp2-2 tem sua freqüência diminuída com o aumento da idade desses pacientes e pode estar relacionado a um pior prognóstico. Um estudo piloto realizado em nosso laboratório indicou uma associação do genótipo Hp2-2 com maior grau de lesão renal, avaliada pela taxa de filtração glomerular. Assim, o objetivo do presente projeto é determinar, por PCR alelo-específica, as freqüências dos genótipos de Hp em cerca de 500 pacientes com doenças falciformes (SS, SC e S-beta talassemia) acompanhados no Hemocentro de Pernambuco - HEMOPE, subdivididos em diferentes faixas etárias (0-5, 6-10, 11-15, 16-20 e acima de 20 anos de idade), e compará-las com os resultados obtidos pelo grupo americano. Caso eles sejam similares, os pacientes com idade superior a 20 anos serão ainda comparados a um grupo controle normal, constituído de indivíduos da mesma região do país (doadores de sangue), pareados por idade, sexo e características étnicas predominantes, de forma a garantir que a mesma variação não esteja ocorrendo na população normal. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NUNES SANTOS, MAGNUN NUELDO; CAVALCANTI BEZERRA, MARCOS ANDRE; TAVARES BORGES DOMINGUES, BETANIA LUCENA; ZACCARIOTTO, TANIA REGINA; OLIVEIRA, DENISE MADUREIRA; COSTA, FERNANDO FERREIRA; ARAUJO, ADERSON DA SILVA; SONATI, MARIA DE FATIMA. Haptoglobin Genotypes in Sickle-Cell Disease. GENETIC TESTING AND MOLECULAR BIOMARKERS, v. 15, n. 10, p. 709-713, OCT 2011. Citações Web of Science: 1.
JORGE, SUSAN E. D. C.; ABREU, CRISTINA FEIX; GUARIENTO, MARIA ELENA; SONATI, MARIA DE FATIMA. Haptoglobin genotypes in Chagas' disease. CLINICAL BIOCHEMISTRY, v. 43, n. 3, p. 314-316, FEB 2010. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.