Busca avançada
Ano de início
Entree

Constantes elásticas da madeira determinadas por meio de ultra-som

Processo: 08/00622-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2008 - 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Pesquisador responsável:Raquel Gonçalves
Beneficiário:Raquel Gonçalves
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Módulo de elasticidade 

Resumo

A madeira é considerada um material Ortotrópico, uma vez que possui propriedades mecânicas diferenciadas em três direções perpendiculares entre si: Longitudinal (L), Radial (R) e Tangencial (T). Assim, doze constantes (nove delas independentes) são necessárias para descrever o comportamento elástico da madeira: três módulos de elasticidade longitudinais (EL, ER, ET), três módulos de elasticidade transversais (GLR, GLT, GRT) e seis coeficientes de Poisson. De maneira geral pode-se dizer que, em grande parte dos Projetos de Engenharia que utilizam a madeira, o conhecimento do Módulo de Elasticidade na direção paralela às fibras (EL) é suficiente. Em alguns outros, além de EL pode ser importante conhecer as propriedades na direção perpendicular as fibras (ER, ET). Porém, com o desenvolvimento de programas computacionais de cálculo estrutural, dia a dia mais poderosos e precisos, torna-se cada vez mais comum e acessível o uso de modelagem estrutural, o que amplia as possibilidades de se elaborar projetos mais racionais, com utilização mais adequada do material, contribuindo para a economia e para o ambiente. Para que seja possível utilizar de forma correta e obter resultados compatíveis com a precisão desses programas de simulação, é necessário conhecer as propriedades do material nas várias direções bem como os coeficientes de Poisson. Todavia, determinar essas propriedades por métodos de ensaio convencionais é extremamente complicado e trabalhoso, o que faz com que esses dados não estejam disponíveis no país. O objetivo desta pesquisa é propor metodologia de obtenção destas propriedades por ultra-som e determinar, com o uso da metodologia proposta, as nove constantes elásticas de algumas espécies escolhidas dentre as mais usuais, no estado de São Paulo, para uso em estruturas, embalagens e móveis. Espera-se contribuir para proposta metodológica que possa ser amplamente utilizada pelos pesquisadores e laboratórios brasileiros, possibilitando a obtenção de tabelas completas de propriedades de espécies crescidas no país. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GONCALVES, RAQUEL; TRINCA, ALEX JULIO; PELLIS, BRUNO PIVA. Elastic constants of wood determined by ultrasound using three geometries of specimens. WOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY, v. 48, n. 2, p. 269-287, MAR 2014. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.