Busca avançada
Ano de início
Entree

Biotransformação de terpenos por microorganismos endofíticos isolados de frutas do cerrado

Processo: 08/59000-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2009 - 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Glaucia Maria Pastore
Beneficiário:Glaucia Maria Pastore
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):10/12768-2 - Biotransformação de terpenos por microrganismos endofíticos isolados de frutas do cerrado, BP.TT
09/10611-1 - Biotransformação de terpenos por microrganismos endofíticos isolados de frutas do cerrado, BP.TT
Assunto(s):Biotransformação  Terpenos  Cerrado 

Resumo

O nicho de microrganismos endofíticos associados a espécies vegetais de Cerrado permanece praticamente sem qualquer estudo químico e biológico, tornando-se uma fonte potencial de produção de compostos de interesse econômico e funcional. Com este intuito, o projeto de pesquisa pretende contribuir para o conhecimento da diversidade e do potencial biotecnológico dos microrganismos do Cerrado Brasileiro, em especial dos endofíticos isolados de frutas ricas em terpenos. Estudos recentes evidenciam que os compostos aromáticos produzidos biotecnologicamente por microrganismos, a partir de substratos terpênicos, podem desempenhar importantes atividades funcionais, atuando na prevenção da formação ou progressão de diversos tipos de câncer e redução de tumores malignos, etc. Estes processos também são de grande interesse para a indústria de aromas, pois podem viabilizar a produção de importantes fragrâncias em maior escala, com geração de resíduos biodegradáveis, além do fato dos compostos produzidos serem denominados "naturais". Com o objetivo de viabilizar processos biotecnológicos para a produção de aromas, serão isolados microrganismos endofíticos de frutas do Cerrado potencialmente biotransformadores de terpenos e selecionados quanto à sua capacidade de produção dos derivados aromáticos, de interesse econômico e biológico. Dando seqüência ao projeto de auxílio à pesquisa anterior, viabilizado pela FAPESP (n° 06/56824-8), serão analisados por espectrometria de massa os compostos obtidos até o presente momento, que ainda não puderam ser identificados por CG-FID. Além disso, será estudado metodologias como o DCCR para otimização dos parâmetros influentes no processo de biotransformação e, por fim, serão testados meios alternativos como substrato para produção de compostos d aroma, como resíduos agroindustriais produzidos no país. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.