Busca avançada
Ano de início
Entree

Terapias antigênicas e caracterização das células-tronco prostáticas (CTP) normais e cancerosas no modelo de camundongo transgênico para adenocarcinoma de próstata (TRAMP)

Processo: 10/51112-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2010 - 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Valéria Helena Alves Cagnon Quitete
Beneficiário:Valéria Helena Alves Cagnon Quitete
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Fatores de crescimento do endotélio vascular  Angiogênese 

Resumo

O conhecimento das células-tronco prostáticas (CTP) vem apontando novas evidências que o câncer de próstata (CP) e outras doenças proliferativas podem surgir a partir do compartimento células-tronco. O modelo de camundongo transgênico para o adenocarcinoma de próstata (TRAMP) contribui para o entendimento da biologia do câncer e oferece uma importante ferramenta para o estudo das CTP normais e cancerosas. A combinação de agentes antiangiogêmcos diretos e indiretos pode ser considerada uma promissora combinação terapêutica para o CP. Assim, o objetivo principal deste estudo será avaliar os efeitos das terapias antiangiogênicas na caracterização das CTP normais e cancerosas tanto no compartimento epitelial como no estromal do lobo dorsolateral da próstata de camundongos TRAMP. Para tal, um total de 40 camundongos machos TRAMP e 10 camundongos controles FVB, com 12 semanas de idade, serão divididos em cinco grupos (10 animais cada): Grupo Controle (C): receberá injeções de Solução Fisiológica 0,9% (5 ml/Kg/dia s.c); Grupo TRAMP (T): receberá o mesmo tratamento que o grupo C; Grupo TRAMP + Endostatina (TE): receberá injeções de Endostatina (0,75 mg/Kg/dia s.c); Grupo TRAMP + SU5416 (TS): receberá injeções de SU5416 (100 mg/Kg/dia s.c.) e Grupo TRAMP + Endostatina + SU5416 (TES): receberá o mesmo tratamento que os grupos TE e TS. Após 30 dias de tratamento, amostras do lobo dorsolateral da próstata serão coletadas e submetidas às análises Morfológicas, Imunohistoquímicas e Western Blotting. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MONTICO, FABIO; KIDO, LARISSA AKEMI; MARTIN, REBECA SAN; ROWLEY, DAVID R.; CAGNON, VALERIA H. A. Reactive stroma in the prostate during late life: The role of microvasculature and antiangiogenic therapy influences. PROSTATE, v. 75, n. 14, p. 1643-1661, OCT 1 2015. Citações Web of Science: 8.
MONTICO, FABIO; KIDO, LARISSA AKEMI; HETZL, AMANDA CIA; ALVES CAGNON, VALERIA HELENA. Prostatic Angiogenic Responses in Late Life: Antiangiogenic Therapy Influences and Relation With the Glandular Microenvironment in the Transgenic Adenocarcinoma of Mouse Prostate (TRAMP) Model. PROSTATE, v. 75, n. 5, p. 484-499, APR 1 2015. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.