Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação dos receptores purinérgicos P2X3 e P2X7 na artrite induzida por carragenina em joelho de ratos

Processo: 10/05381-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2010 - 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Claudia Herrera Tambeli
Beneficiário:Claudia Herrera Tambeli
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Neurobiologia  Dor  Osteoartrite  Hiperalgesia  Citocinas 

Resumo

A osteoartrite é uma das formas mais comuns de artrite. É uma doença degenerativa e progressiva, na qual a cartilagem que reveste as extremidades ósseas se deteriora, causando diferentes graus de incapacidade, dor e inflamação. Dados obtidos recentemente em nosso laboratório demonstram que a ativação dos receptores P2X3, P2X2/3 e P2X7 pelo ATP endógeno é essencial para o desenvolvimento da hiperalgesia mecânica induzida pela carragenina no tecido subcutâneo da pata de ratos. No entanto, apesar de receptores P2X funcionais serem expressos nas fibras nociceptivas aferentes que inervam o tecido articular dos joelhos de ratos, e dessa articulação ser uma das mais afetadas pelas artropatias inflamatórias, o papel desses receptores e os mecanismos envolvidos na dor e inflamação da articulação do joelho de ratos não são conhecidos. Portanto, o objetivo deste projeto é investigar a participação de receptores P2X3, P2X2/3 e P2X7 na dor e inflamação em modelo de artrite no joelho de ratos e mecanismos periféricos envolvidos. Para isso iremos: A) caracterizar em que período de tempo o ATP endógeno, via ativação de receptores P2X3, P2X2/3 e P2X7, contribui com o desenvolvimento da hipernocicepção articular no modelo de artrite induzida pela carragenina na articulação do joelho de rato. B) Testar a hipótese de que o mecanismo pelo qual a ativação dos receptores P2X3, P2X2/3 e P2X7 contribuem para a hipernocicepção articular no modelo de artrite induzida pela carragenina seja através da sensibilização indireta dos nociceptores aferentes primários, ou seja, mediada pela liberação das citocinas pró-inflamatórias TNF-a, IL-1b, IL-6 e CINC-1 e/ou migração de neutrófilos no sítio da inflamação articular. C) Investigar se a ativação de receptores P2X3, P2X2/3 e P2X7 presentes na articulação do joelho de ratos induz hipernocicepção articular e, nesse caso, se essa resposta envolve a participação de mediadores inflamatórios e/ou migração de neutrófilos. D) E finalmente, testar a hipótese de que o ATP e a ativação dos receptores P2X3, P2X2/3 e P2X7 contribui para a hipernocicepção articular induzida pelos mediadores inflamatórios envolvidos na inflamação induzida pela carragenina. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEIXEIRA, JULIANA MAIA; PARADA, CARLOS AMILCAR; TAMBELI, CLAUDIA HERRERA. A cyclic pathway of P2 x 7, bradykinin, and dopamine receptor activation induces a sustained articular hyperalgesia in the knee joint of rats. Inflammation Research, v. 67, n. 4, p. 301-314, APR 2018. Citações Web of Science: 0.
TEIXEIRA, JULIANA MAIA; BOBINSKI, FRANCIANE; PARADA, CARLOS AMILCAR; SLUKA, KATHLEEN A.; TAMBELI, CLAUDIA HERRERA. P2X3 and P2X2/3 Receptors Play a Crucial Role in Articular Hyperalgesia Development Through Inflammatory Mechanisms in the Knee Joint Experimental Synovitis. Molecular Neurobiology, v. 54, n. 8, p. 6174-6186, OCT 2017. Citações Web of Science: 10.
TEIXEIRA, JULIANA MAIA; DIAS, ELAYNE VIEIRA; PARADA, CARLOS AMILCAR; TAMBELI, CLAUDIA HERRERA. Intra-Articular Blockade of P2X7 Receptor Reduces the Articular Hyperalgesia and Inflammation in the Knee Joint Synovitis Especially in Female Rats. JOURNAL OF PAIN, v. 18, n. 2, p. 132-143, FEB 2017. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.