Busca avançada
Ano de início
Entree

Variabilidade genética em espécies de distribuição fragmentada

Processo: 09/50739-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2009 - 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética
Pesquisador responsável:Vera Nisaka Solferini
Beneficiário:Vera Nisaka Solferini
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Filogeografia  Genética populacional  Variação genética  Mata Atlântica 

Resumo

A distribuição das espécies em seus ambientes é geralmente descontínua, sendo os indivíduos organizados em populações. Para qualquer paisagem geográfica e espécie, os efeitos da subdivisão populacional nos padrões de diversidade genética dependem de uma complexidade de fatores que influenciam os processos microevolutivos e geram a estrutura genética das populações. Esses fatores se relacionam com a demografia da espécie e, também à estrutura da paisagem na qual a espécie está inserida. Compreender como a fragmentação ambiental afeta a estrutura genética das espécies é essencial tanto para estudos evolutivos como para fornecer informações para programas de manejo e conservação de sistemas fragmentados. Este projeto propõe estudar a variabilidade genética em espécies que ocorrem em ambientes descontínuos, com os objetivos de: ampliar o conhecimento da variabilidade intraespecífica em espécies de distribuição tropical; relacionar padrões de variabilidade a aspectos da biologia dos organismos e à distribuição de seus habitats; entender as consequências da fragmentação - natural e antrópica - sobre a variabilidade genética em diferentes organismos; contribuir com informações para programas de manejo e conservação. O ambiente proposto são remanescentes de Mata Atlântica. As metodologias utilizadas serão basicamente a análise de isozimas, PCR-RFLP, seqüenciamento de regiões específicas do DNA e microssatélites. A variabilidade genética será quantificada em cada população e serão realizadas análises de estrutura populacional (estatísticas F) e análises filogeográficas. Os padrões encontrados serão discutidos levando em consideração a biologia de cada espécie, o tamanho e a distância entre os fragmentos, bem como as características do habitat original e da matriz circundante. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDEZ OTAROLA, MAURICIO; SAZIMA, MARLIES; SOLFERINI, VERA N. Stem and crown allometry in four congeneric species of dioecious tropical trees. TREES-STRUCTURE AND FUNCTION, v. 30, n. 6, p. 2041-2049, DEC 2016. Citações Web of Science: 1.
SUJII, PATRICIA SANAE; MARTINS, KARINA; DE OLIVEIRA WADT, LUCIA HELENA; RENNO AZEVEDO, VANIA CRISTINA; SOLFERINI, VERA NISAKA. Genetic structure of Bertholletia excelsa populations from the Amazon at different spatial scales. CONSERVATION GENETICS, v. 16, n. 4, p. 955-964, AUG 2015. Citações Web of Science: 13.
JOÃO GIUDICE-NETO; RAFAEL FLORA RAMOS; EVANDRO MARSOLA DE MORAES; MÁRCIO JOSÉ DA SILVA; VERA NISAKA SOLFERINI. Isolation and characterization of ten new microsatellite markers in Machaerium villosum Vogel (Fabaceae). Hoehnea, v. 41, n. 1, p. 77-80, Mar. 2014.
OTAROLA, MAURICIO FERNANDEZ; SAZIMA, MARLIES; SOLFERINI, VERA N. Tree size and its relationship with flowering phenology and reproductive output in Wild Nutmeg trees. ECOLOGY AND EVOLUTION, v. 3, n. 10, p. 3536-3544, SEP 2013. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.