Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da presença de Esenbeckia leiocarpa Engl. (Rutaceae) sobre o desenvolvimento de plântulas de espécies nativas

Processo: 08/06131-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2008 - 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Flaviana Maluf de Souza
Beneficiário:Flaviana Maluf de Souza
Instituição-sede: Instituto Florestal. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Germinação de sementes  Produção de mudas  Crescimento vegetal  Alelopatia 

Resumo

O objetivo deste estudo é avaliar os efeitos da presença de Esenbeckia leiocarpa Engl. sobre a sobrevivência e o desenvolvimento inicial de plântulas de quatro espécies arbóreas nativas, como forma de verificar a ocorrência de alelopatia nessa espécie em condições naturais. Serão realizados experimentos de campo em um trecho de Floresta Estacional Semidecidual da Mata de Santa Genebra, Campinas - SP, plantando-se sementes pré-germinadas em laboratório sob as copas de indivíduos arbóreos com circunferência à altura do peito (CAP) ³ 15 cm em duas condições: a) sob indivíduos de E. leiocarpa (E) e b) sob indivíduos de outras espécies (NE), os quais deverão ter porte e características ecológicas semelhantes aos de E. leiocarpa para minimizar variações microclimáticas do subosque entre os dois tratamentos (E x NE). A sobrevivência das plântulas será verificada semanalmente, e as plântulas serão avaliadas quanto à presença de anormalidades e medidas (parte aérea e raiz) assim que a primeira plântula de cada espécie emitir a gema da segunda folha não-cotiledonar. A área da copa de cada indivíduo de E. leiocarpa será determinada com um desenho em papel milimetrado, que será confeccionado com base em oito medidas da distância da projeção do perímetro da copa em relação ao tronco principal. Também serão medidos os CAPs e contados todos os indivíduos de E. leiocarpa com CAP ³ 15 cm presentes em um raio de 5 cm a partir do tronco das árvores selecionadas (E e NE). Essas informações serão utilizadas para avaliar a existência de correlações entre a área da copa, densidade e área basal dos indivíduos de E. leiocarpa, e a sobrevivência, anormalidade e o tamanho das plântulas. O experimento será realizado na estação seca e na estação chuvosa para verificar a ocorrência de efeitos sazonais nos padrões observados. Os resultados serão analisados por uma análise de variância fatorial, considerando os tratamentos e as interações com as estações do ano e as espécies estudadas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, FLAVIANA MALUF; DAHER CORREA FRANCO, GERALDO ANTONIO; CALLAWAY, RAGAN MORRISON. Strong distance-dependent effects for a spatially aggregated tropical species. PLANT ECOLOGY, v. 214, n. 4, p. 545-555, APR 2013. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.