Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos adversos da exposição aos pesticidas e patógenos em abelhas: estudo de biomarcadores celulares em órgãos alvo

Processo: 08/51473-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2008 - 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Pesquisador responsável:Elaine Cristina Mathias da Silva Zacarin
Beneficiário:Elaine Cristina Mathias da Silva Zacarin
Instituição-sede: Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Campus de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):10/05368-8 - Preparação de lâminas histológicas e métodos de coloração para análise morfológica e imuno-histoquímica de abelhas expostas aos pesticidas e vírus, BP.TT
Assunto(s):Abelhas  Imuno-histoquímica  Morfologia animal  Ecotoxicologia 

Resumo

O novo Campus de Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) tem como mote a Sustentabilidade, sendo que o Curso de Ciências Biológicas com ênfase em Biologia da Conservação é voltado para a identificação e análise de problemas ambientais com vistas à sua conservação, no sentido de atuar na redução da crescente taxa de comprometimento da biodiversidade e degradação ambiental. Nesse contexto, a conservação e uso sustentável de polinizadores em agroecossistemas, com ênfase nas abelhas, são de grande interesse para esse novo Campus. O presente projeto propõe-se a avaliar os diversos aspectos morfológicos dos órgãos de abelhas submetidas a tratamentos com pesticidas e/ou patógenos, com destaque para a detecção de biomarcadores indicativos de estresse e morte celular nos órgãos dessas abelhas. Outro fato importante é a urgência na realização de trabalhos nessa área, pois há um avanço do 'Distúrbio do Colapso das Colônias' no continente americano, caracterizado pelo desaparecimento das abelhas sem deixar qualquer pista ou indícios das causas, sendo que os pesticidas usados na agricultura estão no topo da lista de suspeitos, o que ressalta a prioridade do presente projeto. A avaliação das alterações morfológicas em órgãos de abelhas, com ênfase na detecção dos biomarcadores de estresse e morte celular, fornecerá subsídios para a compreensão dos efeitos subletais de pesticidas nas espécies nativas (meliponineos) e em Apis mellifera (européia e africanizada), ambas importantes tanto para conservação da biodiversidade de espécies vegetais nativas e cultivadas como para o seu uso sustentável na geração de renda para meliponicultores e apicultores. O presente projeto também fornecerá importante contribuição para o desenvolvimento de protocolos padronizados, que poderão ser inseridos em programas de avaliação de riscos para as abelhas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Abelhas vigiadas 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.