Busca avançada
Ano de início
Entree

Integração de dados multi-sensores, telemétricos, censitários e de campo na avaliação do impacto humano sobre os sistemas aquáticos da várzea do rio Amazonas/Solimões

Processo: 08/07537-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2009 - 30 de abril de 2011
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Evlyn Márcia Leão de Moraes Novo
Beneficiário:Evlyn Márcia Leão de Moraes Novo
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Sensoriamento remoto  Várzeas  Lagos  Hidrologia  Impactos ambientais 

Resumo

O grande problema para se avaliar o impacto da atividade antrópica sobre as propriedades físicas, químicas e biológicas dos lagos de várzea é a complexidade desse ambiente. Os lagos variam em forma, profundidade e conectividade em função dos processos morfogenéticos que lhes deram origem; possuem diferentes tipos de água sujeitas a variações sazonais em função dos tipos de água que contribuem para sua composição, encontram-se em distintos estágios evolutivos e são inseridos em habitats com vegetação e hidro-período diversos. Além disso, os lagos de várzea são ambientes em transição, modificando-se constantemente em a fatores climáticos que atuam em diferentes escalas de freqüência e intensidade. Sobreposta à variabilidade natural das várzeas, ainda há uma grande variabilidade na história de sua ocupação. Existem lagos, afetados por rejeito de mineração e sujeitos alteração de sua biota (Esteves et al. 1990). Outros são afetados de modo indireto pela sucessão de ciclos econômicos nas várzeas amazônicas como o cultivo da juta até a década de 1980, a exploração de madeira, e mais recentemente a atividade pecuária. Esse projeto tem como objetivo integrar dados de várias fontes (medidas de campo, sensoriamento remoto, sistemas de monitoramento automático) relativos a vários componentes do ambiente, ao longo de vários anos em duas regiões da várzea amazônica: uma região densamente povoada e alterada (Lago Grande de Curuai) e uma região localizada em uma área de uso controlado (Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá), e comparar o comportamento dos lagos, em diferentes escalas de observação (decadal, anual, estacional, mensal e diária) de modo a quantificar o peso das atividades humanas sobre o funcionamento atual e futuro desses sistemas para dar subsídios ao planejamento da ocupação das várzeas amazônicas. Um primeiro esforço será o de recuperar informações dispersas tanto sobre a região de Mamirauá quanto sobre a região de Santarém. Paralelamente ao levantamento de bases de referência sobre propriedades da água desses sistemas em anos mais antigos, o projeto prevê o uso de dados da base histórica de imagens MSS/Landsat para recuperar o estado da cobertura vegetal da várzea na década de 1970, assumindo que apenas a partir da década de 1970 com a política de integração da Amazônia, a pressão sobre a várzea se tornou suficientemente intensa e ampla a ponto de provocar alterações no funcionamento dos lagos de modo mais permanente. A partir de Janeiro de 2009, com a instalação do sistema automático SIMA, em Mamirauá, tornar-se-ão também disponíveis dados liminológicos e climáticos sobre dois lagos representativos das áreas de estudo: o Lago Mimiaruá e o Lago Grande de Curuai. A análise dessas séries permitirá entender a interação entre as propriedades da água dos lagos e as funções de força que atuam sobre elas tais como vento e radiação em várias escalas de tempo. Serão também analisadas também séries históricas de produtos MODIS/Terra para analisar a variabilidade temporal da fração clorofila como indicador do estado trófico dos lagos. Esses dados computados para a região de Santarém entre 2001 e 2008 cotejados com dados censitários permitirão também estabelecer relações funcionais entre o estado trófico dos lagos e o avanço da pecuária sobre a várzea. As regiões de estudo estão atualmente sendo submetidas à análise com dados PALSAR/ALOS com o objetivo de gerar mapas com a distribuição de habitats da planície em função do hidroperíodo e da cobertura vegetal. Esses mapas, gerados pela integração de dados ópticos e de radar referentes à atualidade, permitirão quantificar as diferenças atuais entre esses dois ambientes no tocante a dois componentes fisiográficos: a vegetação e a hidrologia/geomorfologia. Todos os dados compilados, organizados e gerados durante o desenvolvimento do projeto serão organizados em uma base de dados que se tornará pública e com acesso pela internet. (AU)

Publicações científicas (9)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LOBO, FELIPE DE LUCIA; COSTA, MAYCIRA; LEAO DE MORAES NOVO, EVLYN MARCIA; TELMER, KEVIN. Distribution of Artisanal and Small-Scale Gold Mining in the Tapajos River Basin (Brazilian Amazon) over the Past 40 Years and Relationship with Water Siltation. REMOTE SENSING, v. 8, n. 7 JUL 2016. Citações Web of Science: 17.
A. G. AFFONSO; H. L. QUEIROZ; E. M. L. M. NOVO. Abiotic variability among different aquatic systems of the central Amazon floodplain during drought and flood events. Brazilian Journal of Biology, v. 75, n. 4, p. -, Nov. 2015.
AFFONSO, A. G.; QUEIROZ, H. L.; NOVO, E. M. L. M. Abiotic variability among different aquatic systems of the central Amazon floodplain during drought and flood events. Brazilian Journal of Biology, v. 75, n. 4, S, p. S60-S69, NOV 2015. Citações Web of Science: 4.
ARNESEN, ALLAN S.; SILVA, THIAGO S. F.; HESS, LAURA L.; NOVO, EVLYN M. L. M.; RUDORFF, CONRADO M.; CHAPMAN, BRUCE D.; MCDONALD, KYLE C. Monitoring flood extent in the lower Amazon River floodplain using ALOS/PALSAR ScanSAR images. REMOTE SENSING OF ENVIRONMENT, v. 130, p. 51-61, MAR 15 2013. Citações Web of Science: 61.
LAURIANA RÚBIO SARTORI; NILTON NOBUHIRO IMAI; JOSÉ CLÁUDIO MURA; VILMA MAYUMI TACHIBANA. Atributos polarimétricos de imagem radar na inferência de parâmetros morfológicos de macrófitas. Bol. Ciênc. Geod., v. 18, n. 1, p. -, Mar. 2012.
RAFAEL DAMIATI FERREIRA; CLÁUDIO CLEMENTE FARIA BARBOSA; EVLYN MÁRCIA LEÃO DE MORAES NOVO. Assessment of in vivo fluorescence method for chlorophyll-a estimation in optically complex waters (Curuai floodplain, Pará - Brazil). Acta Limnol. Bras., v. 24, n. 4, p. 373-386, Dez. 2012.
RENO, VIVIAN F.; NOVO, EVLYN M. L. M.; SUEMITSU, CHIENO; RENNO, CAMILO D.; SILVA, THIAGO S. F. Assessment of deforestation in the Lower Amazon floodplain using historical Landsat MSS/TM imagery. REMOTE SENSING OF ENVIRONMENT, v. 115, n. 12, p. 3446-3456, DEC 15 2011. Citações Web of Science: 38.
VIVIAN FRÓES RENÓ; EVLYN MARCIA LEÃO MORAES NOVO; RAIMUNDO ALMEIDA-FILHO; CHIENO SUEMITSU. Mapeamento da antiga cobertura vegetal de várzea do Baixo Amazonas a partir de imagens históricas (1975-1981) do Sensor MSS-Landsat. Acta Amazonica, v. 41, n. 1, p. 47-56, Mar. 2011.
SIMONE CASALI; MARIA DO CARMO CALIJURI; BERNARD BARBARISI; VIVIAN FRÓES RENÓ; ADRIANA GOMES AFFONSO; CLÁUDIO BARBOSA; THIAGO SANNA FREIRE SILVA; EVLYN MÁRCIA LEÃO DE MORAES NOVO. Impact of the 2009 extreme water level variation on phytoplankton community structure in Lower Amazon floodplain lakes. Acta Limnol. Bras., v. 23, n. 3, p. 260-270, Set. 2011.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.