Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da recuperação nutricional no controle do estresse, na pressão arterial e na função renal

Processo: 10/51237-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2010 - 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Desnutrição e Desenvolvimento Fisiológico
Pesquisador responsável:Ana Lydia Sawaya
Beneficiário:Ana Lydia Sawaya
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/07539-0 - Efeitos da recuperação nutricional no controle do estresse, na pressão arterial e função renal, BP.TT
11/21279-8 - Efeitos da recuperação nutricional no controle do estresse, na pressão arterial e função renal, BP.TT
Assunto(s):Desnutrição proteico-calórica  Recuperação nutricional  Pressão sanguínea  Albuminúria  Hidrocortisona 

Resumo

Estudos prévios deste grupo de pesquisa e de outros pesquisadores mostraram que a desnutrição energético-protéica está relacionada com o desenvolvimento de doenças não-comunicáveis na vida adulta, como obesidade, diabetes e hipertensão arterial sistêmica. Ainda são desconhecidos os mecanismos fisiológicos que poderiam estar na base dessa associação. Uma hipótese que tem sido discutida é de que estas doenças ocorrem, além de outros fatores, devido a alterações permanentes na programação do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal, no qual o cortisol e as catecolaminas têm papel chave. Sabe-se, através de estudos em animais experimentais e seres humanos que a desnutrição no início da vida acarreta elevação nesses hormônios, os quais são responsáveis pelo controle do estresse no organismo. Mas não há dados na literatura sobre o efeito da recuperação nutricional e sua eventual normalização. Assim, os objetivos do presente estudo são avaliar os efeitos da recuperação nutricional no controle do estresse, da pressão arterial e na função renal. Para tanto serão avaliados a concentração basal, e após estímulo estressor e de relaxamento do cortisol e alfa amilase salivar, assim como, a pressão arterial. Serão também mensuradas a atividade basal da enzima conversora de angiotensina, a concentração de catecolaminas plasmáticas e a função renal. Os grupos serão compostos de: a) crianças e adolescentes recuperados de desnutrição que receberam intervenção nutricional no Centro de Recuperação e Educação Nutricional (CREN) e que após tratamento mínimo de 6 meses apresentaram valor de escore Z > - 1,5 de peso/idade e estatura/idade; b) crianças desnutridas e adolescentes ainda não tratados com valor de escore Z < - 1,5 de peso/idade e/ou estatura/idade e c) indivíduos eutróficos com escore Z de peso/idade e estatura/idade > -0,5 pertencentes à classe média. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINS, VINICIUS J. B.; SESSO, RICARDO; CLEMENTE, ANA P. G.; FERNANDES, MARIANA B. F.; SAWAYA, ANA L. Albuminuria, renal function and blood pressure in undernourished children and recovered from undernutrition. Pediatric Nephrology, v. 32, n. 9, p. 1555-1563, SEP 2017. Citações Web of Science: 1.
MARTINS, VINICIUS J. B.; NEVES, ANDREA P. O.; GARCIA, MARCIA C.; SPADARI, REGINA C.; CLEMENTE, ANA PAULA G.; DE ALBUQUERQUE, MARIA P.; HOFFMAN, DANIEL J.; SAWAYA, ANA L. Normal cortisol response to cold pressor test, but lower free thyroxine, after recovery from undernutrition. BRITISH JOURNAL OF NUTRITION, v. 115, n. 1, p. 14-23, JAN 14 2016. Citações Web of Science: 3.
MARTINS, VINICIUS J. B.; NEVES, ANDREA P. O.; FRANCO, MARIA DO C. P.; CLEMENTE, ANA P. G.; SAWAYA, ANA L. Impact of nutritional recovery with linear growth on the concentrations of adipokines in undernourished children living in Brazilian slums. BRITISH JOURNAL OF NUTRITION, v. 112, n. 6, p. 937-944, SEP 28 2014. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.