Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação clínica, citogenética e molecular em uma paciente com Síndrome de Marfan portadora de uma translocação complexa com perda de segmentos genômicos

Processo: 09/54261-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2010 - 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Maria Isabel de Souza Aranha Melaragno
Beneficiário:Maria Isabel de Souza Aranha Melaragno
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos cromossômicos  Síndrome de Marfan  Translocação genética  Fibrilina-1  Citogenética molecular 

Resumo

A síndrome de Marfan (SMF) é uma doença do tecido conjuntivo de herança autossômica dominante com expressividade variável intra e interfamilial e com prevalência de 2 a 3/10.000 indivíduos. Aproximadamente 30% dos casos são esporádicos, sendo a maioria familial. Suas principais manifestações clínicas incluem alterações esqueléticas, cardiovasculares e oculares. A doença é causada por mutações no gene FBN1. Esse gene está localizado em 15q21, apresenta 65 éxons e codifica a proteína fibnlina, principal componente estrutural das microfibras. Até o momento, aproximadamente 800 mutações distintas no gene FBN1 foram detectadas em pacientes com SMF. Aberrações cromossômicas relacionadas à SMF são raras, apesar de haver um conjunto de sinais dismórficos correspondentes à deleção da região 15q15-21. Alterações nessa região podem ser encontradas também em casos de craniostenose e dislexia, sendo raros os relatos com fenótipo marfanóide. A investigação citogenética de uma paciente com fenótipo marfanóide e manifestações clínicas atípicas da SMF como deficiência mental e hipotiroidismo revelou uma translocação complexa entre os cromossomos 6, 12 e 15. Essa translocação envolvendo três cromossomos resultou em uma deleção em 15q21. Não há na literatura nenhum caso semelhante. Assim, torna-se essencial a investigação citogenética-molecular mais detalhada nessa paciente e em sua família. Será realizada a determinação dos pontos de quebra cromossômica e do mecanismo molecular envolvido na patogênese da doença de forma a relacionar os achados com o fenótipo da paciente, o que certamente resultará em uma publicação inédita. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
COLOVATI, MILENY E. S.; DA SILVA, LUCIANA R. J.; TAKENO, SYLVIA S.; MANCINI, TATIANE I.; DUTRA, ANA R. N.; GUILHERME, ROBERTA S.; DE MELLO, CLAUDIA B.; MELARAGNO, MARIA I.; PEREZ, ANA B. A. Marfan syndrome with a complex chromosomal rearrangement including deletion of the FBN1 gene. MOLECULAR CYTOGENETICS, v. 5, JAN 19 2012. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.