Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de peptídeos e bibliotecas de peptídeos para o estudo de proteases

Processo: 08/54894-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2008 - 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Maria Aparecida Juliano
Beneficiário:Maria Aparecida Juliano
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Enzimas proteolíticas  Síntese orgânica  Biblioteca de peptídeos 

Resumo

Desde 1980, como uma aplicação da síntese de peptídeos em solução instalamos nos laboratórios de síntese de peptídeos do Dept. Biofísica da UNIFESP, preparamos os primeiros substratos cromogênicos para proteases. A seguir desenvolvemos metodologia própria e original para síntese de substratos fluorescentes, do tipo das cumarinas. E finalmente a nossa mais expressiva contribuição foi o desenvolvimento de peptídeos de fluorescência apagada por transferência de energia por ressonância (FRET) usando o ácido orto-aminobenzóico (Abz) e o N-[2,4-dinitrofenil]-etilenodiamino como par doador/receptor de fluorescência, respectivamente. Estes peptídeos foram inicialmente sintetizados por nós, pelos métodos clássicos em solução e em seguida adaptamos a obtenção destes peptídeos para síntese em fase sólida convencional e posteriormente para síntese paralela. Desde 1993 através dos projetos temáticos FAPESP, conseguimos estabelecer as condições mais modernas de síntese de peptídeos em fase sólida, que nos permite a contribuir na área de substratos e inibidores de proteases. Além disso, estamos sintetizando peptídeos para vários grupos nacionais e internacionais de nosso meio. A nossa capacidade de síntese e analise de peptídeos atingiu 1620 seqüências em 2007 e 890 até maio de 2008 de tamanho que variaram de 9 a 40 resíduos de aminoácidos. Todos os peptídeos são sintetizados por síntese de peptídeo em fase sólida usando máquinas automatizadas instaladas em 1994 ou sistemas manuais para síntese simultânea de um grande número de peptídeos. Todos os peptídeos são purificados por HPLC e caracterizados por espectroscopia de massa do tipo MALDI-TOF ou LC-MS, seqüenciamento de aminoácidos por degradação de Edman ou análise da composição de aminoácidos quando necessário. Hoje necessitamos substituir alguns equipamentos para continuar a produzir peptídeos e assim dar continuidade no estudo da especificidade das proteases que estão sendo clonadas e expressas e fornecer peptídeos aos nossos colaborados nacionais e internacionais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ASSIS, DIEGO MAGNO; GONTIJO, VANESSA SILVA; PEREIRA, IVAN DE OLIVEIRA; NOGUEIRA SANTOS, JORGE ALEXANDRE; CAMPS, IHOSVANY; NAGEM, TANUS JORGE; ELLENA, JAVIER; IZIDORO, MARIO AUGUSTO; DOS SANTOS TERSARIOL, IVARNE LUIS; TENORIO DE BARROS, NILANA MEZA; DORIGUETTO, ANTONIO CARLOS; DOS SANTOS, MARCELO HENRIQUE; JULIANO, MARIA APARECIDA. Inhibition of cysteine proteases by a natural biflavone: behavioral evaluation of fukugetin as papain and cruzain inhibitor. Journal of Enzyme Inhibition and Medicinal Chemistry, v. 28, n. 4, p. 661-670, AUG 2013. Citações Web of Science: 13.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.