Busca avançada
Ano de início
Entree

Quorum sensing em amostras de Escherichia coli

Processo: 08/05519-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2009 - 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Marcelo Palma Sircili
Beneficiário:Marcelo Palma Sircili
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Bactérias  Escherichia coli enteropatogênica  Fatores de virulência  Regulação da expressão gênica 

Resumo

Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) faz parte de um grupo de patógenos capazes de formar um tipo de lesão característica em cultura de tecidos epiteliais, denominada "attaching and effacing" (A/E). Esta lesão caracteriza-se pela destruição das microvilosidades intestinais, aderência íntima da bactéria à célula epitelial e reorganização das proteínas do citoesqueleto dos enterócitos, culminando na formação de um pedestal no qual a bactéria se adere intimamente. Os genes que são necessários para produção da lesão A/E estão localizados em uma ilha de patogenicidade de 35,6 Kb, denominada região LEE. A transcrição de genes da região LEE está sujeita a regulação por vários fatores, entre eles "quorum sensing", termo utilizado para definir um mecanismo de regulação gênica dependente da concentração celular. Esse mecanismo é usado por bactérias gram positivas e gram negativas e em ambos os casos envolve a produção e detecção de moléculas sinalizadoras extracelulares, denominadas autoindutores. O presente estudo visa estudar a influência de outras enterobactérias da microbiota intestinal na expressão de fatores de virulência em amostras de Escherichia coli enteropatogênica (EPEC): típica e atípica. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.