Busca avançada
Ano de início
Entree

Teste molecular e avaliação psicológica dos pacientes com síndrome de Williams-Beuren

Processo: 08/55391-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2008 - 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Chong Ae Kim
Beneficiário:Chong Ae Kim
Instituição-sede: Instituto da Criança Professor Doutor Pedro de Alcantara (ICR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aconselhamento genético  Avaliação psicológica  Síndrome de Williams  Marcadores genéticos  Polimorfismo genético 

Resumo

A síndrome de Williams-Beuren (SWB) resulta de uma microdeleção de aproximadamente 1.5 Mb na região 7q11.23, envolvendo mais de 20 genes. A incidência é estimada em 1:20000 nascidos vivos. A haploinsuficiência desses genes resulta em alterações como: facies típica, deficiência mental com comportamento característico, anomalias cardiovasculares, hipertensão arterial e acometimento dos rins, olhos, sistema digestório e sistema músculo-esquelético. Embora as alterações clínicas sejam características, o diagnóstico de certeza só é possível com testes moleculares apropriados. Na SWB o FISH é considerado, atualmente, o método "padrão-ouro" para o diagnóstico; entretanto, apresenta um custo muito elevado, o que dificulta a sua utilização na rotina laboratorial em hospitais públicos. Outro método muito utilizado por vários pesquisadores para melhor entender o mecanismo da deleção na SWB é o estudo dos marcadores polimórficos de DNA nos pacientes e em seus pais. Com esse método é possível saber em qual cromossomo do paciente, se o de origem materna ou paterna, ocorreu a deleção. Recentemente, uma nova técnica tem sido utilizada para detectar a deleção 7q11.23. Essa técnica é denominada Multiplex Ligation-dependent Probe Amplification (MLPA) e é capaz de identificar seqüências que diferem em apenas um nucleotídeo. Nosso estudo inclui a avaliação clínica, psicológica e os exames de marcadores polimórficos de DNA e MLPA, para que esses possam ser comparados em relação à eficácia e aplicação diagnóstica. Com esse estudo pretendemos trazer contribuições no estudo da SWB de forma a possibilitar uma visão mais integrada. Finalmente, esse estudo possibilitará a comparação de diferentes métodos na investigação da deleção 7q11.23 e uma possível correlação genótipo-fenótipo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DUTRA, ROBERTA LELIS; PIERI, PATRICIA DE CAMPOS; DIAS TEIXEIRA, ANA CAROLINA; HONJO, RACHEL SAYURI; BERTOLA, DEBORA ROMEO; KIM, CHONG AE. Detection of deletions at 7q11.23 in Williams-Beuren syndrome by polymorphic markers. Clinics, v. 66, n. 6, p. 959-964, 2011. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.