Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação de marcadores inflamatórios e de resistência à insulina com aterosclerose subclínica em pacientes com glicemia de jejum alterada

Processo: 10/00201-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2010 - 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marcelo Chiara Bertolami
Beneficiário:Marcelo Chiara Bertolami
Instituição-sede: Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC). Fundação Adib Jatene (FAJ). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Polimorfismo genético  Cardiologia  Expressão gênica 

Resumo

O diabetes mellitus do tipo 2 (DM2) é uma desordem metabólica poligênica que se caracteriza inicialmente por resistência à insulina e em estágios mais avançados por defeito na secreção da insulina. A resistência à insulina é caracterizada pelo aumento dos níveis séricos de glicose e insulina e se associa a diversas anormalidades metabólicas que resultam em disfunção endotelial. Marcadores de atividade inflamatória, do metabolismo lipídico e glicídico estão intimamente relacionados a este processo, sendo a proteína C reativa ultra sensível, a adiponectina e a fosfolipase A2 associada à lipoproteína alguns exemplos. Visto a maior prevalência entre diabéticos e intolerantes à glicose da presença de aterosclerose subclínica, e conseqüentemente, maior incidência de doença arterial coronária e eventos agudos, o objetivo deste estudo é avaliar a relação destes marcadores inflamatórios, do metabolismo glicídico e lipídico e alterações genéticas com a presença de aterosclerose subclínica diagnosticada pela tomografia com escore de cálcio, pelo ultra-som doppler de carótidas, pelo teste ergométrico, pelo índice tornozelo-braço e pela avaliação da função endotelial em pacientes com glicemia de jejum alterada. Quatrocentos e oitenta pacientes com os critérios da American Diabetes Association para coleta de teste de tolerância oral com 75g de glicose serão classificados após o exame em normoglicemicos, com glicemia de jejum alterada, intolerantes a glicose e diabéticos. Todos realizarão tomografia computadorizada com escore de cálcio, ultra-som doppler de carótidas, teste ergométrico, medida do índice tornozelo-braço, avaliação da função endotelial, avaliação da expressão dos genes adiponectina, leptina, TNFa, receptor da leptina, PCR e PLA2G7 e detecção de alterações moleculares nos genes TNFa e PLA2G7. Será analisada a relação entre o diagnóstico de aterosclerose subclínica pelos exames de imagem e os exames laboratoriais e genéticos, desta forma caracterizando os pacientes com glicemia de jejum alterada que apresentam o maior risco de doença arterial coronária. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE LIMA-JUNIOR, JOSE CARLOS; VIRGINIO, VITOR W. M.; MOURA, FILIPE A.; BERTOLAMI, ADRIANA; BERTOLAMI, MARCELO; COELHO-FILHO, OTAVIO R.; ZANOTTI, ILARIA; NADRUZ, WILSON; DE FARIA, ELIANA COTTA; DE CARVALHO, LUIZ SERGIO F.; SPOSITO, ANDREI C. Excess weight mediates changes in HDL pool that reduce cholesterol efflux capacity and increase antioxidant activity. NUTRITION METABOLISM AND CARDIOVASCULAR DISEASES, v. 30, n. 2, p. 254-264, FEB 10 2020. Citações Web of Science: 0.
BERTOLAMI, ADRIANA; DE LIMA-JUNIOR, JOSE C.; CINTRA, RIOBALDO M.; CARVALHO, LUIZ S.; GONZAGA, CAROLINA DE C.; SULZBACH, MARTHA L.; PETISCO, ANA C. G. P.; BARBOSA, JOSE E. M.; FALUDI, ANDRE A.; PLUTZKY, JORGE; BERTOLAMI, MARCELO C.; SPOSITO, ANDREI C. Adiponectin concentration data improve the estimation of atherosclerotic risk in normal and in overweight subjects. CLINICAL ENDOCRINOLOGY, v. 88, n. 3, p. 388-396, MAR 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.