Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto de reúso de dialisadores nos marcadores inflamatórios e de peroxidação lipídica em pacientes em hemodiálise

Processo: 10/50027-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2010 - 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Hugo Abensur
Beneficiário:Hugo Abensur
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nefrologia  Diálise renal  Reutilização de dialisadores  Marcadores inflamatórios  Peroxidação de lipídeos  Estresse oxidativo 

Resumo

O reuso de dialisadores é prática universal nas unidades de diálise do Brasil e de outros países como Estados Unidos; mas já foi abandonada em países da Europa; e o principal motivo para isto é econômico. Parecem haver evidências de que esta prtática estaria relacionada à aumento de morbimortalidade, porém não existem trabalhos que respondam a esta questão. O objetivo deste trabalho é avaliar o impacto do reuso de dialisadores sobre o stress oxidativo, peroxidação lipídica e marcadores inflamatórios, em paciente em programa de hemodiálise; bem como avaliar um possível efeito protetor da N-acetilcisteína (antioxidante) em pacientes em hemodiálise com reuso de dialisadores. Serão selecionados trinta pacientes, que já encontram-se em programa crônico de hemodiálise, e os mesmos permanecerão seis semanas realizando as sessões de hemodiálise com reuso de dialisador (prática padrão), e então durante seis semanas realizarão o tratamento utilizando uso único de dialisador, retornando depois à prática padrão de hemodiálise com reuso de dialisador por 6 semanas. Num último período também com duração de seis semanas, realizarão hemodiálise com reuso de dialisador, e em uso de N-acetilcisteína, na dose de 2.400 mg/dia. Ao término de cada período de seis semanas, os pacientes terão amostras de sangue coletadas, para análise laboratorial e dosagem de marcadores inflamatórios e peroxidação lipídica, como: albumina sérica, PCR-proteína C reativa, IL-6 -interleucina 6, TBARs, glutationa peroxidase e superóxido dismutase. Os dados serão analisados utilizando-se o software Grafic Prisma. Serão feitas análises entre os grupos (> 3 grupos) - análise longitudinal - utilizando-se análise de variância (ANOVA), com pós teste de Bonferroni. (AU)