Busca avançada
Ano de início
Entree

Treinamento intervalado versus treinamento contínuo na atividade simpática e perfusão periférica em portadores de insuficiência cardíaca: estudo randomizado com grupo controle

Processo: 10/08990-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia do Esforço
Pesquisador responsável:Guilherme Veiga Guimarães
Beneficiário:Guilherme Veiga Guimarães
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia do exercício  Insuficiência cardíaca  Sistema nervoso simpático  Atividade física  Qualidade de vida 

Resumo

A IC envolve múltiplos sistemas e mecanismos compensatórios como atividade neurohormonal simpática exacerbada com manifestações periféricas de disfunção endotelial, alterações musculares esqueléticas e anormalidades de fluxo sanguíneo, responsáveis e determinantes dos sintomas que geram a intolerância ao esforço. Treinamento intervalado tem sido proposto como um método eficiente para pacientes com insuficiência cardíaca. Acredita-se que o principal mecanismo responsável pelos melhores resultados no treinamento intervalado seja o "shear stress". OBJETIVO: Estudar o treinamento intervalado versus treinamento contínuo na atividade simpática e perfusão muscular periférica em portadores de insuficiência cardíaca, além disto, iremos avaliar apoptose muscular, níveis de enzimas antioxiantes, qualidade de vida e capacidade física. METODOLOGIA: Serão selecionados 27 pacientes de ambos os sexos com idade entre 40 e 60 anos, fração de ejeção menor que 40% e classe funcional I, II e III. Os mesmos serão randomizados em três grupos: intervalado (GI), contínuo (GC) e grupo controle (GE). Todos serão avaliados com microneurografia, perfusão muscular periférica, biopsia muscular esquelética, ergoespirometria e índice de qualidade de vida antes e depois do término do período de 02 (dois) meses. Desta forma, suprindo a necessidade de estudos bem controlados, espera-se determinar o impacto do treinamento intervalado versus treinamento contínuo na atividade simpática e perfusão muscular periférica de pacientes com insuficiência cardíaca. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDES-SILVA, MIGUEL M.; GUIMARAES, GUILHERME V.; RIGAUD, VAGNER O. C.; LOFRANO-ALVES, MARCO S.; CASTRO, RAFAEL E.; DE BARROS CRUZ, LAIS G.; BOCCHI, EDIMAR A.; BACAL, FERNANDO. Inflammatory biomarkers and effect of exercise on functional capacity in patients with heart failure: Insights from a randomized clinical trial. EUROPEAN JOURNAL OF PREVENTIVE CARDIOLOGY, v. 24, n. 8, p. 808-817, MAY 2017. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.