Busca avançada
Ano de início
Entree

Disponibilidade de cobre e zinco em fertilizantes minerais

Processo: 09/01946-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2009 - 31 de outubro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Cleide Aparecida de Abreu
Beneficiário:Cleide Aparecida de Abreu
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Fertilidade do solo  Análise do solo  Nutrição vegetal  Cobre  Zinco  Fertilizantes 

Resumo

A segurança e a eficiência dos insumos são pontos chave para o sucesso da atividade produtiva no campo. Apesar da atual legislação sobre fertilizantes possibilitar um controle mais eficiente da qualidade dos fertilizantes, ainda persistem dúvidas sobre a adequação dos métodos utilizados para avaliar a disponibilidade dos micronutrientes em fertilizantes e se o índice mínimo de solubilidade de 60% seria válido para a diversidade de fertilizantes contendo micronutrientes comercializados no país. O objetivo desse projeto é fornecer subsídios técnicos no que tange ao desenvolvimento de métodos de análise de conformidade de fertilizantes minerais sólidos contendo micronutrientes. Para isso será efetuada a comparação dos atuais métodos adotados pelo MAPA para quantificação de Cu e Zn totais e disponíveis em fertilizantes minerais, com o método da USEPA (ácidos nítrico e clorídrico em forno de microondas) para os teores totais) e os extratores, água, água quente, DTPA, EDTA, ácido sulfúrico, ácido clorídrico, solução tampão pH 6,0 e ácido acético para determinação dos teores disponíveis. Os resultados obtidos na determinação laboratorial dos teores disponíveis de Cu e Zn em fertilizantes, serão correlacionados com a absorção desses elementos pelas plantas de girassol, milho e trigo, em dois cultivos sucessivos, em condições de campo. Através desses experimentos de campo, serão avaliados o efeito imediato e o possível efeito residual de Cu e Zn, elegendo o extrator ou os extratores mais promissores para definir a disponibilidade de Cu e Zn presentes nos fertilizantes, permitindo assim, determinar se o atual índice mínimo de solubilidade de 60% é válido para a diversidade de fertilizantes contendo esses micronutrientes comercializados no Brasil. Além disso, será avaliada a inocuidade desses fertilizantes, quanto à presença de metais pesados, visando garantir além da solubilidade de Cu e Zn a sanidade ambiental. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CENCIANI DE SOUZA, CAMILA PRADO; DE ABREU, CLEIDE APARECIDA; COSCIONE, ALINE RENEE; DE ANDRADE, CRISTIANA ALBERTO; JUNQUEIRA TEIXEIRA, LUIZ ANTONIO; CONSOLINI, FLAVIA. A Statistical Review of Alternative Zinc and Copper Extraction from Mineral. Fertilizers and Industrial By-Products. JOURNAL OF AOAC INTERNATIONAL, v. 101, n. 1, p. 190-195, JAN-FEB 2018. Citações Web of Science: 0.
CAMILA PRADO CENCIANI DE SOUZA; CLEIDE APARECIDA DE ABREU; JOSÉ FRANCISCO DA CUNHA; GERALDO MAGELA DA COSTA; CRISTIANO ALBERTO DE ANDRADE. PHYTOAVAILABILITY OF COPPER IN INDUSTRIAL BY-PRODUCTS AND MINERAL FERTILIZERS. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 39, n. 2, p. 553-562, Abr. 2015. Citações Web of Science: 1.
CENCIANI DE SOUZA, CAMILA PRADO; DE ABREU, CLEIDE APARECIDA; DE ANDRADE, CRISTIANO ALBERTO; DE ABREU, MONICA FERREIRA. EXTRACTANTS TO ASSESS ZINC PHYTOAVAILABILITY IN MINERAL FERTILIZER AND INDUSTRIAL BY-PRODUCTS. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 37, n. 4, p. 1004-1017, JUL-AUG 2013. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.