Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo prospectivo, randomizado e controlado em mulheres com prolapso genital submetidas ou não ao treinamento funcional e ginástica hipopressiva

Processo: 07/08246-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2008 - 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Marair Gracio Ferreira Sartori
Beneficiário:Marair Gracio Ferreira Sartori
Instituição-sede: Departamento de Ginecologia. Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Clínica médica  Ginecologia  Prolapso uterino 

Resumo

Propusemo-nos, neste estudo, a avaliar os efeitos do treinamento funcional e da ginástica hipopressiva em mulheres com prolapso genital. Casuística e Métodos: Estudo clínico randomizado, prospectivo e observacional. 63 mulheres na menacme com diagnóstico prévio de prolapso de parede vaginal posterior estádio ICS I ou II participarão deste estudo. A seguir, as mesmas serão randomizadas, de forma que poderão pertencer a um dos três grupos (de 21 mulheres cada) a seguir: GI: grupo que passará por avaliação médica e não sofrerá intervenção durante a pesquisa (grupo controle); GII: grupo que se submeterá à avaliação médica e ao treinamento funcional em grupo sob supervisão de fisioterapeutas; GIII: grupo que se submeterá à avaliação médica e que realizará ginástica hipopressiva sob supervisão de fisioterapeutas. Método: As pacientes serão avaliadas por meio de anamnese e exame ginecológico por médicos. A seguir, submeter-se-ão a exame ultra-sonográfico para avaliar os aspectos anatômicos do assoalho pélvico. De forma semelhante, realizaremos avaliação fisioterapêutica composta de avaliação subjetiva e objetiva. Na avaliação subjetiva utilizaremos as escalas AFA e PERFECT que são obtidas por meio de exame físico. Por sua vez, a avaliação objetiva consistirá da realização de exame de eletromiografia e perineometria. Na avaliação fisioterapêutica inicial e no 3°, 6° mês e um ano de tratamento serão aplicados os questionários SF-36, P-QOL e PISQ-12, para avaliar qualidade de vida geral e específica para o prolapso genital e a função sexual, respectivamente. Além disso, a avaliação subjetiva e objetiva será efetuada nestes mesmos períodos. A ultrassonografia será feita na avaliação médica inicial, no 3º, 6º mês e após um ano da inclusão da paciente. Os resultados obtidos serão então comparados entre os diversos grupos estudados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RESENDE, ANA PAULA M.; BERNARDES, BRUNO T.; STUPP, LILIANA; OLIVEIRA, EMERSON; CASTRO, RODRIGO A.; GIRAO, MANOEL J. B. C.; SARTORI, MARAIR G. F. Pelvic floor muscle training is better than hypopressive exercises in pelvic organ prolapse treatment: An assessor-blinded randomized controlled trial. NEUROUROLOGY AND URODYNAMICS, v. 38, n. 1, p. 171-179, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.
BERNARDES, BRUNO TEIXEIRA; MAGALHAES RESENDE, ANA PAULA; STUEPP, LILIANA; OLIVEIRA, EMERSON; CASTRO, RODRIGO AQUINO; KATALIN JARMY DI BELLA, ZSUZSANNA ILONA; BATISTA CASTELLO GIRAO, MANOEL JOAO; FERREIRA SARTORI, MARAIR GRACIO. Efficacy of pelvic floor muscle training and hypopressive exercises for treating pelvic organ prolapse in women: randomized controlled trial. São Paulo Medical Journal, v. 130, n. 1, p. 5-9, 2012. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.