Busca avançada
Ano de início
Entree

Células-tronco no câncer: estudo funcional de genes envolvidos em tumorigênese no sistema nervoso central

Processo: 07/05721-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2008 - 31 de maio de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Oswaldo Keith Okamoto
Beneficiário:Oswaldo Keith Okamoto
Instituição-sede: Departamento de Neurologia e Neurocirurgia. Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Células-tronco  Neoplasias 

Resumo

O principal objetivo deste estudo é avançar no entendimento dos mecanismos moleculares subjacentes à tumorigênese, que possam evidenciar uma correlação entre a biologia de células-tronco e o câncer. Tal conhecimento é pertinente ao desenvolvimento de estratégias terapêuticas racionais direcionadas à supressão tumoral. Uma questão fundamental no desenvolvimento de terapias antitumorais é a elucidação das bases moleculares e celulares do câncer. Estudos recentes têm demonstrado que o desenvolvimento de tumores malignos pode ser determinado por uma sub-população de células tumorigênicas com perfil imunofenotípico e características funcionais semelhantes aos de células-tronco adultas, por essa razão denominadas células-tronco cancerosas ou tumorais. Células com tal propriedade são encontradas em pequenas proporções em certos tumores, como recentemente descrito em neoplasias do sistema nervoso central (SNC). Grande parte das terapias convencionais contra o câncer destrói células de maneira indiscriminada. Terapias recentes de combate ao câncer, entretanto, são mais específicas, baseadas em alterações moleculares / genéticas encontradas nos tumores. Dentro desse princípio, novas estratégias terapêuticas baseadas na inibição de vias moleculares essenciais às células-tronco tumorais seriam potencialmente mais eficazes, almejando a eliminação seletiva de células responsáveis pela origem e disseminação de tumores. Nessa linha, utilizando uma abordagem genômica, estudos iniciais do nosso grupo identificaram genes com expressão diferencial em células-tronco tumorais CD133+ de glioblastomas (GBM) de humanos. Presentemente, propomos estudos funcionais para dois dos genes previamente identificados como hiper-expressos nessas células-tronco tumorais. Assim, este projeto propõe avaliar a relevância de genes da família HOX e E2F às propriedades tumorigênicas de células de GBM com vistas às suas implicações terapêuticas em gliomas, neoplasias do SNC com prognóstico desfavorável. Estudos de perda de função gênica serão conduzidos em linhagens de GBM humanas, pela técnica de interferência de RNA. Em particular, serão analisados in vitro os efeitos sobre proliferação, migração, invasão e morte celular. Adicionalmente, propomos a avaliação do silenciamento desses genes no desenvolvimento de tumores in vivo, em modelo experimental murino. (AU)