Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação dos padrões da microscopia confocal in vivo nas lesões pigmentadas da pele e comparação com a dermatoscopia e histopatologia em cortes transversais.

Processo: 10/06455-1
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2011 - 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Fernando Augusto Soares
Beneficiário:Fernando Augusto Soares
Instituição Sede: Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores associados:Gisele Gargantini Rezze ; João Pedreira Duprat Neto ; Maria Dirlei Ferreira de Souza Begnami ; Sergio Henrique Hirata
Assunto(s):Microscopia confocal  Histopatologia  Nevos e melanomas  Dermoscopia  Neoplasias cutâneas 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:dermoscopia | Histopatologia | microscopia confocal | neoplasias cutaneas | nevos e melanomas | Dermatopatologia/ Dermatologia

Resumo

O melanoma cutâneo é uma neoplasia que acomete indivíduos jovens e apresenta comportamento agressivo quando diagnosticado tardiamente. O tratamento é fundamentalmente cirúrgico, sendo a quimioterapia e radioterapia pouco efetivos no estádio avançado. Preconiza-se a realização do diagnóstico precoce para que haja aumento das taxas de cura e aumento da sobrevida dos pacientes acometidos por esta doença. Como as lesões pigmentadas da pele muitas vezes não são diagnosticadas por suas características clínicas, mesmo por um profissional experiente, critérios adicionais são necessários para o seu diagnóstico clínico com maior acurácia, justificando o surgimento da dermatoscopia. Utilizando-se o exame dermatoscópico, pode-se alcançar um aumento da acurácia clínica de aproximadamente 10% a 20%, dependendo da experiência do examinador. Porém, a existência de limitações do exame dermatoscópico na realização do diagnóstico de lesões benignas com aspecto dermatoscópico sugestivo de melanoma cutâneo e de lesões de melanoma cutâneo com ausência de características dermatoscópicas específicas, levou à elaboração da microscopia confocal in vivo como um método que busca realizar o diagnóstico clínico das lesões consideradas difíceis. A microscopia confocal a laser, ainda em fase experimental, tem a finalidade de fornecer imagens instantâneas, em tempo real, de alta resolução, in vivo, permitindo a visualização das estruturas microanatomicas (células, núcleos e arquitetura tecidual) da pele em uma resolução próxima à histopatológica. As imagens obtidas por este método são em planos paralelos à epiderme e, por esta razão, ainda estão sendo interpretadas. Para a interpretação das imagens confocais é necessário um conhecimento profundo da dermatoscopia e seu significado histopatológico, pois os critérios descritos na microscopia confocal têm correspondência precisa com as características dermatoscópicas por se apresentarem no mesmo plano, o plano horizontal. Não existem relatos na literatura médica da comparação entre as características dermatoscópicas, a microscopia confocal in vivo e os achados histopatológicos em cortes transversais (mesmo plano da dermatoscopia e microscopia confocal), assim, este estudo tem por objetivo realizar esta comparação inédita, agregando conhecimentos para um melhor entendimento desta técnica tão promissora e ainda em desenvolvimento, baseando-se no método de obtenção dos cortes transversais obtidos com sucesso por Rezze e colaboradores. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TAVOLONI BRAGA, JULIANA CASAGRANDE; MACEDO, MARIANA PETACCIA; PINTO, CLOVIS; DUPRAT, JOAO; BEGNAMI, MARIA DIRLEI; PELLACANI, GIOVANNI; REZZE, GISELE GARGANTINI. Learning Reflectance Confocal Microscopy of Melanocytic Skin Lesions through Histopathologic Transversal Sections. PLoS One, v. 8, n. 12, . (10/06455-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.