Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da mucosa do cólon e de lesões precursoras em pacientes de alto risco para câncer colorretal

Processo: 08/01605-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2008 - 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Fábio de Oliveira Ferreira
Beneficiário:Fábio de Oliveira Ferreira
Instituição-sede: Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Colonoscopia  Neoplasias colorretais 

Resumo

INTRODUÇÃO: O Câncer Colorretal Hereditário sem Polipose (HNPCC) é uma das principais síndromes hereditárias relacionadas ao câncer colorretal. Possui um padrão de herança autossômica dominante, causada por mutação germinativa em um dos genes responsáveis pelo sistema de reparo do DNA: hMSH2, hMLH1, hPMS1, hPMS2, hMSH6. Mais recentemente, relatos de novos genes de reparo envolvidos têm sido descritos como o hMLH3 e o hMSH3.A colonoscopia é, atualmente, o mais importante recurso, útil não apenas para o diagnóstico, como também para o estadiamento e tratamento do câncer colorretal (CCR). Possui elevada sensibilidade e especificidade, além de permitir a execução de biópsias e remoção de lesões, reduzindo significativamente a incidência e a mortalidade do CCR. A colonoscopia com cromoscopia e magnificação de imagem aumenta a sensibilidade e a especificidade do exame convencional podendo apresentar um impacto positivo na prevenção de câncer colorretal em pacientes de alto risco.OBJETIVOS: 1-Verificar a freqüência de lesões precursoras de câncer colorretal em pacientes considerados de alto risco para CCR, através de colonoscopia com magnificação de imagem e cromoscopia. 2-Descrever as características clínicas, anatomopatológicas e moleculares da mucosa colorretal e das lesões precursoras de CCR, em pacientes de alto risco. 3-Verificar a associação entre as características clínicas, moleculares e anatomopatológicas.PACIENTES E MÉTODOS: Serão incluídos no estudo indivíduos pertencentes ao Registro de Câncer Colorretal Hereditário do Hospital A.C. Camargo com diagnóstico clínico ou genético de HNPCC e seus familiares de primeiro grau. Serão incluídos também indivíduos sem história familiar de câncer, maiores de 50 anos, assintomáticos, que irão se submeter à colonoscopia de rastreamento no Hospital A.C. Camargo e que servirão como controles.Será realizada colonoscopia com cromoscopia total da mucosa colônica e a magnificação de imagem das lesões encontradas que serão ressecadas quando possível. Também serão obtidas biópsias de tecido colônico macroscopicamente normal. Neste material será realizado exame anatomopatológico, imunoistoquímica das proteínas MLH1, MSH2, MSH6 e PMS2, avaliação do perfil de mutação dos genes K-ras e Braf e avaliação do status de metilação do gene MLH1. (AU)