Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da eletroestimulação retal pré operatória na continência urinária de pacientes submetidos a prostatectomia radical

Processo: 08/54585-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2008 - 30 de setembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Ademar Lopes
Beneficiário:Ademar Lopes
Instituição-sede: Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Qualidade de vida  Terapia por estimulação elétrica  Incontinência urinária  Fisioterapia 

Resumo

Introduçao: O câncer de próstata é a mais freqüente neoplasia que acomete os homens nos países Ocidentais e constitui a segunda causa de morte por câncer no sexo masculino. Dentre as opções terapêuticas, destaca-se a prostatectomia radical retropúbica. Incontinência urinária é descrita em 2 à 87% dos doentes submetidos ao procedimento. A deficiência esfincteriana é considerada a principal etiologia. A recuperação da continência urinária é gradativa e, pode ser necessário de um mês à um ano para que o doente obtenha controle miccional satisfatório. Poucos estudos, no entanto, buscaram analisar o uso de métodos fisioterápicos no pré-operatório da prostatectomia radical, em especial de eletroterapia, e a possibilidade de melhorar a continência urinária após a cirurgia. Razão pela qual torna-se importante avaliar tal prática. Objetivos: Avaliar a eficácia da eletroestimulação retal pré-operatória na recuperação da continência urinária em pacientes que serão submetidos à prostatectomia radical retropúbica; Material e Método: Trata-se de um estudo prospectivo, no qual os pacientes que serão submetidos à prostatectomia radical serão randomizados em dois grupos: o grupo controle (realizará exercícios de fortalecimento de assoalho pélvico) e o grupo tratamento (realizará os mesmos exercicos do grupo controle e eletroterapia retal para fortalecimento de assoalho pélvico). Ambos realizarão 10 (dez) sessões de fisioterapia pré-operatória. Nenhum dos dois grupos realizará fisioterapia pós-operatória. Após 01 (um), 03 (três) e 06 (seis) meses de pós-operatórios, os pacientes serão avaliados através de Pad Test (para quantificar a perda urinária) e através de Questionários de Qualidade de Vida (SF-36 e ICIQ-SF) (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LAURIENZO, CARLA ELAINE; RICETTO SACOMANI, CARLOS ALBERTO; RODRIGUES, TELMA RIBEIRO; ZEQUI, STENIO DE CASSIO; GUIMARAES, GUSTAVO CARDOSO; LOPES, ADEMAR. Results of preoperative electrical stimulation of pelvic floor muscles in the continence status following radical retropubic prostatectomy. INTERNATIONAL BRAZ J UROL, v. 39, n. 2, p. 182-188, Abr. 2013. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.