Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do efeito da Adrenalina e Noradrenalina sobre a adesão bacteriana (Streptococcus mutans) em braquetes ortodônticos.

Processo: 09/16324-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2010 - 30 de abril de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Ortodontia
Pesquisador responsável:Gilson Cesar Nobre Franco
Beneficiário:Gilson Cesar Nobre Franco
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Taubaté (UNITAU). Taubaté , SP, Brasil
Assunto(s):Streptococcus mutans  Noradrenalina  Adrenalina 

Resumo

A literatura científica atribui uma prevalência maior da doença cárie em pacientes usuários de aparelhos ortodônticos fixos (braquetes) em virtude de atuarem como um reservatório bacteriano, principalmente de S. mutans. Em acréscimo, substâncias como a adrenalina e a noradrenalina (catecolaminas liberadas durante o estresse) são descritas como modificadoras do perfil de virulência bacteriano. Assim sendo, este projeto tem como objetivo avaliar o efeito da adrenalina e noradrenalina sobre a adesão de S. mutans em braquetes ortodônticos. Para esta finalidade, braquetes (Roth Morelli®) serão distribuídos em poços (microplaca com 96 poços com fundo cônico) contendo 105 ufc/ml de S. mutans. Os braquetes serão divididos em 3 grupos (n=10/grupo): (1) 10 poços contendo noradrenalina (50 µM); (2) 10 poços contendo adrenalina (100 µM) e (3) 10 poços contendo NaCl 0,9% (controle). Após o período experimental (24-48h), os microrganismos não aderidos serão removidos e os braquetes serão submetidos a sonicação para o desprendimento dos S. mutans aderidos, possibilitando assim a contagem microbiana (ufc/ml). Adicionalmente, RNA total será extraído de cada grupo para a avaliação da expressão gênica de três subtipos da enzima glicosiltransferase (GTF-B, GTF-C e GTF-D) através de RT-PCR em tempo real (RT-qPCR). Com a realização deste trabalho espera-se determinar o efeito da adrenalina e noradrenalina sobre o processo de adesão de S. mutans. (AU)