Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteinas antiinflamatorias anexina-a1 e galectina-1: efeito do tratamento farmacologico na regulacao de moleculas de adesao durante uma resposta inflamatoria experimental.

Resumo

Um dos eventos de importância no processo inflamatório é o recrutamento dos leucócitos da circulação sanguínea para os sítios de inflamação através de interações com as células endoteliais das vênulas pós-capilares. O mecanismo do recrutamento é desencadeado por uma série de mediadores pró-inflamatórios que são produzidos por células como mastócitos, macrófagos, células endoteliais ativadas, bem como leucócitos transmigrados para o tecido inflamado. Por outro lado, a resposta inflamatória é controlada pela ação de mediadores antiinflamatórios que atuam para manter a homeostasia da resposta imunológica e prevenir a injúria tecidual. Entre os mediadores, destacamos a anexina-A1 (ANXA1) e a galectina-1 (Gal-1), proteínas que atuam como moduladores endógenos da inflamação, particularmente regulando o processo de transmigração de leucócitos, sobretudo neutrófilos. Para a ANXA1, o papel inibitório parece estar associado com a alteração da expressão ou da ativação das moléculas de adesão como a L-selectina e a integrina nos sítios de inflamação, enquanto a Gal-1 parece interagir com a integrina. No entanto, os mecanismos que envolvem a ação destas proteínas ainda permanecem obscuros. Por estas razões, será importante investigar a co-localização ultra-estrutural das moléculas de adesão, sobretudo integrina e L-selectina, com as proteínas antiinflamatórias ANXA1 e Gal-1 nos leucócitos e nas células endoteliais, utilizando um modelo in vivo de peritonite aguda induzido pelo zimosan, em diferentes tempos (0, 4 e 24 horas). Além disso, monitorar e comparar os efeitos farmacológicos do tratamento com estas proteínas sobre a expressão das moléculas de adesão, integrina e L-selectina, utilizando o método de citometria de fluxo. Assim, o estudo dirigido para o mecanismo de ação da ANXA1 e da Gal-1 sobre as moléculas de adesão, durante o processo de transmigração de leucócitos na inflamação aguda, deverá fornecer subsídios importantes na utilização destas proteínas como agentes terapêuticos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)