Busca avançada
Ano de início
Entree

Apolipoproteína E como fator de risco para colelitíase após cirurgia bariátrica na obesidade mórbida

Processo: 08/54059-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2008 - 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Dorotéia Rossi Silva Souza
Beneficiário:Dorotéia Rossi Silva Souza
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Cirurgia bariátrica  Perfil lipídico  Colelitíase 

Resumo

Introdução - A colelitíase é uma das complicações pós-operatórias tardias em pacientes com obesidade mórbida submetidos à cirurgia bariátrica. Existem vários fatores litogénicos que influenciam a cristalização do colesterol levando á colelitíase. Nesse caso, destaca-se a apolipoprotetna E com ação reconhecida nas vias exógenas e endógenas do transporte, síntese e metabolismo de lipoproteínas plasmáticas, sugerindo a relação de variantes genéticas da apo E com essa doença. Objetivos-Avaliar a associação entre o polimorfismo apoE-Hha I e ocorrência de colelitíase no pós-operatório tardio em pacientes com obesidade mórbida submetidos à cirurgia bariátrica do tipo Y-de-Roux; avaliar a relação entre polimorfismo apo E-Hha I e tempo de pós-operatório no diagnóstico da colelitiase, nos referidos pacientes e avaliar a influência do polimorfismo apo E-Hha I no perfil lipídico e sua relação com colelitíase nos referidos pacientes. Casuística e Métodos- Serão selecionados 200 indivíduos, independente do sexo e grupo étnico, com idade entre 18 e 55 anos, que foram submetidos à cirurgia bariátrica, sendo distribuídos em dois grupos: Grupo 1 - 100 indivíduos com colelitiase no pós-operatório e Grupo 2 - 100 indivíduos sem história de colelitíase no pós-operatório acima de 8 meses. Será feita coleta de sangue venoso para análise genética. O DNA será extraído de sangue total e submetido à reação em cadeia de polimerase (PCR) convencional e restrição enzimática, seguido de eletroforese em gel de poliacrilamida, coloração com brometo de etídeo e visibilização em luz ultravioleta. A análise estatística compreenderá a aplicação de teste exato de Fisher ou qui-quadrado, análise multivariada e razão de chance, para avaliar a associação entre apo E4 e presença de colelitíase. Será admitido nível de significância para p < 0,05. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERREIRA-JULIO, MAYSA ARAUJO; PINHEL, MARCELA SOUZA; GOMES QUINHONEIRO, DRIELE CRISTINA; NICOLETTI, CAROLINA FERREIRA; BRANDAO, ANTONIO CARLOS; NONINO, CARLA BARBOSA; PINHEIRO, JR., SIDNEY; PARENTI OLIVEIRA, BRUNO AFFONSO; GREGORIO, MICHELE LIMA; ANDRADE, DAYS OLIVEIRA; CORTES-OLIVEIRA, CRISTIANA; SOUZA, DOROTEIA SILVA. LEP-2548G > A Polymorphism of the Leptin Gene and Its Influence on the Lipid Profile in Obese Individuals. Journal of Nutrigenetics and Nutrigenomics, v. 7, n. 4-6, p. 225-231, 2014. Citações Web of Science: 3.
PINHEIRO-JUNIOR, SIDNEY; PINHEL, MARCELA A. S.; NAKAZONE, MARCELO A.; PINHEIRO, ANIELLI; AMORIM, GISELE F. S.; FLORIM, GREICIANE M. S.; MAZETI, CAMILA M.; GREGORIO, MICHELE L.; MOSCHETTA, MARINA G.; BRITO, GILBERTO B.; BRIENZE, SERGIO L. A.; NONINO, CARLA B.; BRANDAO, ANTONIO C.; SOUZA, DOROTEIA R. S. Effect of Genetic Variants Related to Lipid Metabolism as Risk Factors for Cholelithiasis After Bariatric Surgery in Brazilian Population. OBESITY SURGERY, v. 22, n. 4, p. 623-633, APR 2012. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.