Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel dos receptores adrenérgicos beta na termogênese induzida pela dieta

Processo: 09/50353-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2009 - 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Miriam Oliveira Ribeiro
Beneficiário:Miriam Oliveira Ribeiro
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Instituto Presbiteriano Mackenzie. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Termogênese facultativa  Obesidade  Receptores adrenérgicos beta  Dieta hiperlipídica 

Resumo

O peso corporal dos animais tende a ser relativamente estável durante longos períodos de tempo. Situações de restrição calórica ou aumento na ingestão de calorias levam a alterações fisiológicas compensatórias que resistem aos efeitos destas perturbações. De fato, o gasto energético aumenta em animais submetidos à dieta hipercalórica, chamada termogênese facultativa, de modo a manter os estoques energéticos constantes. A nossa hipótese de trabalho baseia-se na existência de defeitos na termogênese facultativa que estariam envolvidos no desenvolvimento da obesidade. O BAT, principal sítio de termogênese facultativa em pequenos roedores, é ativado pela ligação da NE, liberada pelo Sistema Nervoso Simpático, com os receptores adrenérgicos ß1, ß2 e ß3 expressos nos adipócitos marrons. Embora diversos estudos anteriores tenham demonstrado que os receptores ß são importantes na proteção contra a obesidade, ainda não é claro qual o papel de cada isoforma neste processo. Assim sendo, o objetivo do nosso trabalho é avaliar o papel das isoformas ß1, ß2 e ß3 na termogênese facultativa induzida pela dieta. A nossa abordagem metodológica envolverá análise de parâmetros fisiológicos, bioquímicos e moleculares em diferentes tecidos de camundongos com nocaute para o receptor ß1 camundongos com nocaute para o receptor ß2 e camundongos com nocaute para o receptor ß3 tratados com dieta hipercalórica. Os parâmetros fisiológicos a serem estudados incluem medida do consumo de oxigênio, peso corporal, composição corporal e consumo alimentar. Imediatamente após a morte dos animais diversos tecidos serão processados para medida da atividade de marcadores teciduais para lipólise e lipogênse através de PCR em tempo real e Western blots. A análise desses diferentes parâmetros teciduais permitirá compreender o papel de cada uma das isoformas dos receptores adrenérgicos ß na termogênese facultativa e, consequentemente, no desenvolvimento da obesidade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PREITE, NAILLIW Z.; DO NASCIMENTO, BRUNA P. P.; MULLER, CYNTHIA R.; AMERICO, ANNA LAURA V.; HIGA, TALITA S.; EVANGELISTA, FABIANA S.; LANCELLOTTI, CARMEN L.; HENRIQUES, FELIPE DOS SANTOS; BATISTA, JR., MIGUEL LUIZ; BIANCO, ANTONIO C.; RIBEIRO, MIRIAM O. Disruption of beta3 adrenergic receptor increases susceptibility to DIO in mouse. Journal of Endocrinology, v. 231, n. 3, p. 259-269, DEC 2016. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.