Busca avançada
Ano de início
Entree

Fluência digital e avaliação da aprendizagem de licenciandos de enfermagem em ambiente virtual

Processo: 10/10709-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Pesquisador responsável:Cláudia Prado
Beneficiário:Cláudia Prado
Instituição-sede: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Educação em enfermagem  Tecnologia educacional  Plataformas de ensino e aprendizagem  Virtualidade  Avaliação da aprendizagem 

Resumo

Uma perspectiva desafiadora se descortina na área de educação em enfermagem, visto o avanço das tecnologias da informação e comunicação nos espaços acadêmicos, instigando os educadores a conhecerem, analisarem e transformarem, estas novas tecnologias, num instrumento educacional articulado às condições políticas, econômicas, sociais e culturais nas quais o ensino se insere, bem como atenderem as demandas da uma clientela universitária considerada de uma geração digital. Nesse contexto, o curso de Licenciatura em Enfermagem da Escola de Enfermagem da USP - EEUSP busca formar professores críticos, éticos e comprometidos com uma proposta de formação de recursos humanos em enfermagem para atender as demandas do mundo do trabalho. Assim, uma das motivações para a escolha desse tema foi por acreditar que a educação mediada pela tecnologia, em especial o uso dos ambientes virtuais de aprendizagem, leva o aluno a construir seu próprio conhecimento mediado por intervenções do professor. Objetivos: Caracterizar o perfil dos alunos do Curso de Licenciatura em Enfermagem; Identificar a fluência digital dos alunos do Curso de Licenciatura em Enfermagem; Identificar o conhecimento, a habilidade e o interesse no uso de ambientes virtuais de aprendizagem pelos alunos do Curso de Licenciatura em Enfermagem; Avaliar a aprendizagem de licenciandos de enfermagem em ambiente virtual de aprendizagem; Analisar os relatos de experiências dos licenciandos de enfermagem em ambiente virtual de aprendizagem. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, com abordagem quantitativa. A pesquisa será realizada na Escola de Enfermagem da USP, junto aos alunos matriculados no Curso de Licenciatura em Enfermagem e nas disciplinas que o compõe. O projeto acontecerá em duas fases: Fase 1 - Caracterização do perfil dos alunos do Curso de Licenciatura em Enfermagem, identificação de sua fluência digital e do conhecimento, habilidade e interesse no uso de ambientes virtuais de aprendizagem. A coleta de dados por meio da aplicação de um questionário, contendo 31 questões abertas e fechadas, dividido em três partes: Parte I - caracterização do perfil dos alunos do Curso de Licenciatura em Enfermagem; Parte II - identificação da fluência digital dos alunos e Parte III - identificação do conhecimento, da habilidade e do interesse no uso de ambientes virtuais de aprendizagem pelos alunos. Fase 2 - Avaliação da aprendizagem de licenciandos de enfermagem em ambiente virtual de aprendizagem e análise dos relatos de suas experiências. Na fase 2 a coleta de dados se dará após o encerramento das disciplinas "Metodologia do Ensino de Enfermagem I" e "Metodologia do Ensino de Enfermagem II" e os sujeitos serão os alunos que tiverem cursado essas disciplinas e será viabilizada por meio da utilização das tarefas postadas por esses alunos na plataforma Moodle. Cada colaborador receberá duas cópias do citado termo e após sua assinatura ficará com uma cópia, e a outra, ficará sob posse do pesquisador. Ressalta-se que serão garantidos aos participantes o sigilo das informações, a voluntariedade na participação e a possibilidade de interromper essa participação a qualquer momento que julgar conveniente, sem quaisquer tipos de prejuízos. Após estes procedimentos, será iniciada a coleta de dados. O projeto de pesquisa será submetido à apreciação da Diretoria da Escola, da Comissão de Ensino e Pesquisa e do Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem da USP, em cada uma de suas etapas. Após sua aprovação, as pesquisadoras iniciarão a coleta de dados. Os dados serão inseridos em uma planilha eletrônica (Excel®) e posteriormente analisados estatisticamente de forma quantitativa em números absolutos e percentuais apresentados sob a forma de gráficos e tabelas. Será realizada uma análise de variáveis a partir da categorização dos dados. As questões abertas serão agrupadas em categorias e analisadas. (AU)