Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das lesões miocárdicas observadas em lactentes submetidos à cirurgia para correção de cardiopatias congênitas complexas que evoluíram com óbito: estudo prospectivo

Processo: 10/11209-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2010 - 31 de agosto de 2012
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Simone Gusmão Ramos
Beneficiário:Simone Gusmão Ramos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Lactentes  Isquemia e reperfusão  Estresse oxidativo 

Resumo

As cardiopatias congênitas representam uma causa importante de morbimortalidade no período neonatal. A maioria das anomalias graves necessita de diagnóstico precoce e conduta imediata pela dependência do canal arterial persistente para sobrevida do recém-nascido. Apesar dos avanços na cirurgia cardíaca pediátrica, as lesões miocárdicas perioperatórias continuam sendo uma das principais causas de disfunção cardíaca e óbito. Em um trabalho retrospectivo, recentemente desenvolvido por nosso grupo, observamos lesões miocárdicas significativas em recém-nascidos e lactentes submetidos à cirurgia para correção de cardiopatias congênitas complexas. As lesões variavam desde edema intracelular até bandas de contração, calcificação distrófica e necrose de coagulação, muitas vezes associadas a áreas de fibrose recente e antiga. O aspecto morfológico das lesões indica participação de fenômenos isquêmicos, sugerindo deficit de perfusão miocárdica durante a cirurgia. Mais ainda, conseguimos demonstrar que essas lesões estariam relacionadas à participação de fenômenos oxidativos, causando peroxidação lipídica da membrana celular do cardiomiócito com consequente lesão celular e morte. A patogênese dessas lesões não está completamente esclarecida, mas acreditamos que esteja relacionada à liberação de catecolaminas endógenas durante o procedimento cirúrgico. O presente estudo propõe analisar esse aspecto no processo de desenvolvimento da lesão miocelular observada nesses pacientes. Esse trabalho pode contribuir para a otimização dos resultados cirúrgicos e estimular a busca por métodos mais efetivos e específicos de proteção miocárdica no coração imaturo. (AU)