Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão de metaloproteinases de matriz de osteoblastos de duas linhagens de camundongos sob efeito do fluoreto: uma abordagem comparativa in vitro.

Resumo

O flúor é um elemento presente no cotidiano de quase toda população brasileira, sendo usado na água de abastecimento (Brasil) e também como terapêutico para osteoporose (comumente na Europa). Em alguns casos, promove o estimulo a formação óssea, aumentando o volume e densidade de osso em alguns pacientes com osteoporose. Além disso, diversos estudos têm apontado o desequilíbrio no remodelamento ósseo (maior atividade osteoclástica) como fator de risco para fraturas osteoporóticas devido ao aumento de perda óssea e a deterioração da sua microarquitetura, onde este processo cíclico de constante remodelamento ósseo desequilibrado é refletido em diversos marcadores bioquímicos. Neste sentido, a análise desses marcadores bioquímicos frente a estímulos exógenos (consumo de fluoreto) pode auxiliar na compreensão de como esses elementos são capazes de influenciar no processo de mineralização. O monitoramento das alterações metabólicas (nível celular e molecular) também pode fornecer pistas sobre a resistência de certos indivíduos ao tratamento e sobre a eficácia terapêutica, norteando assim alvos mais específicos para o tratamento. Porém, restam ainda algumas dúvidas quanto à eficiência do flúor na redução de risco de fraturas. O mecanismo preciso pelo qual o flúor influencia a formação e mineralização óssea não está totalmente esclarecido, assim como em quais espécies e concentrações tem efeito patológico. Para investigar quais são os marcadores bioquímicos suscetíveis ao tratamento com o flúor, serão utilizados osteoblastos oriundos de C3H/HeJ e C57BL/6J, duas espécies de camundongos com maior e menor densidade óssea, respectivamente. Através de uma abordagem in vitro, será verificado qual papel do flúor no comportamento de osteoblastos (índice de morte celular e nível de diferenciação dos osteoblastos) e a modulação de elementos responsáveis pela degradação da matriz extracelular. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CINTIA KAZUKO TOKUHARA; MARIANA RODRIGUES SANTESSO; GABRIELA SILVA NEUBERN DE OLIVEIRA; TALITA MENDES DA SILVA VENTURA; JULIO TOSHIMI DOYAMA; WILLIAN FERNANDO ZAMBUZZI; RODRIGO CARDOSO DE OLIVEIRA. Updating the role of matrix metalloproteinases in mineralized tissue and related diseases. Journal of Applied Oral Science, v. 27, p. -, 2019. Citações Web of Science: 1.
MATSUDA, SANDRA S.; SILVA, THELMA L.; BUZALAF, MARILIA A.; RODRIGUES, ANTONIO C.; DE OLIVEIRA, RODRIGO CARDOSO. Differential Effects of Fluoride During Osteoblasts Mineralization in C57BL/6J and C3H/HeJ Inbred Strains of Mice. BIOLOGICAL TRACE ELEMENT RESEARCH, v. 161, n. 1, p. 123-129, OCT 2014. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.