Busca avançada
Ano de início
Entree

Etnoecologia de grandes mamiferos em capoeiras de duas comunidades quilombolas do vale do ribeira, sp.

Processo: 09/52539-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2010 - 30 de setembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Rui Sérgio Sereni Murrieta
Beneficiário:Rui Sérgio Sereni Murrieta
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mata Atlântica  Vale do Ribeira (SP) 

Resumo

A Mata Atlântica é um bioma de alta relevância mundial pelos seus altos índices de biodiversidade e por seu histórico de degradação e fragmentação florestal. Sua ocorrência atual representa algo entre 12% e 27% de sua cobertura original, sendo ue grande parte dos seus remanescentes é composta por matas secundárias que se encontram em diferentes estádios de regeneração. De fato, um aumento da representatividade das matas secundárias tem sido observado em diferentes biomas mundiais, o que culminou num grande debate sobre o papel deste tipo de vegetação na restauração de processos ecológicos importantes e no restabelecimento da flora e de diferentes grupos de fauna. Este projeto tem como principal objetivo avaliar o efeito da transformação de matas primárias contínuas em mosaicos formadas por manchas de vegetação secundária, e a importância relativa de manchas secundárias em estádio inicial, médio e avançado de regeneração sobre espécies de mamíferos terrestres de médio é grande porte. O estudo será desenvolvido na região do Vale do Ribeira, no Parque Estadual Intervales, onde as matas primárias serão amostradas, e em áreas de comunidades quilombolas, onde se encontram os mosaicos formados por manchas de vegetação secundária formadas a partir da agricultura de corte e queima. A qualidade das manchas de habitat será medida com base em dados disponíveis na literatura especializada e no conhecimento tradicional dos informantes quilombolas. A freqüência de uso pela fauna será estimada por meio da técnica de armadilhamento fotográfico. Espera-se, portanto que este estudo possa contribuir para a discussão a cerca da importância relativa das manchas de vegetação secundária e de matas primárias para o grupo faunístico em questão. Este estudo ainda se propõe a registrar, por meio de ferramentas oriundas da Antropologia, o conhecimento tradicional quilombola a cerca de aspectos da biologia e ecologia das espécies de interesse, de modo a complementar as escassas informações disponíveis na literatura acadêmica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PRADO, HELBERT MEDEIROS; SERENI MURRIETA, RUI SERGIO. The Role of Swidden Cultivation in Shaping Ethnozoological Knowledge: Integrating Historical Events and Intergenerational Analyses among Quilombolas from Southeast Brazil. JOURNAL OF ETHNOBIOLOGY, v. 38, n. 3, p. 297-313, OCT 2018. Citações Web of Science: 0.
PRADO, HELBERT MEDEIROS; SERENI MURRIETA, RUI SERGIO; ADAMS, CRISTINA; BRONDIZIO, EDUARDO SONNEWEND. Local and scientific knowledge for assessing the use of fallows and mature forest by large mammals in SE Brazil: identifying singularities in folkecology. Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine, v. 10, JAN 10 2014. Citações Web of Science: 4.
PRADO, HELBERT MEDEIROS; SERENI MURRIETA, RUI SERGIO; ADAMS, CRISTINA; BRONDIZIO, EDUARDO SONNEWEND. COMPLEMENTARY VIEWPOINTS: SCIENTIFIC AND LOCAL KNOWLEDGE OF UNGULATES IN THE BRAZILIAN ATLANTIC FOREST. JOURNAL OF ETHNOBIOLOGY, v. 33, n. 2, p. 180-202, FAL-WIN 2013. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.