Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de fungos de manguezais na biossíntese de nanopartículas de prata e aplicação na produção de tecidos antimicrobianos

Processo: 10/50186-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica
Pesquisador responsável:Ana Olívia de Souza
Beneficiário:Ana Olívia de Souza
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):11/18685-4 - Utilização de fungos de manguezais na biossíntese de nanopartículas de prata e sua aplicação na produção de tecidos antimicrobianos, BP.TT
11/01269-8 - Utilização de fungos de manguezais na biossíntese de nanopartículas de prata e sua aplicação na produção de tecidos antimicrobianos, BP.TT
Assunto(s):Biomateriais  Fungos  Manguezais  Proteínas  Nanopartículas metálicas 

Resumo

Nanopartículas inorgânicas têm sido empregadas com grande eficácia em várias áreas das ciências biológicas, biomédicas e farmacêuticas. Dentre estas partículas, as nanopartículas de prata possuem propriedades antimicrobianas relevantes e podem ser utilizadas na preparação de materiais antimicrobianos como produtos de uso oral, eletrodomésticos, vestimentas e materiais cirúrgicos. O processo de preparação de nanopartículas de prata pela biossíntese de microrganismos é biotecnologicamente viável e caracteriza-se como uma área em ampla expansão com possibilidades de sucesso. Microrganismos de manguezais são responsáveis por transformações de nutrientes dentro desse ecossistema rico em processos bioquímicos e em intensa atividade microbiana. Considerando as perspectivas e a utilidade de novos materiais principalmente na área da saúde, esta proposta conjectura que linhagens de fungos isolados de manguezais podem apresentar características peculiares no processo de produção de nanopartículas de prata, por serem adaptados a um ambiente com condições extremas de sobrevivência. Linhagens de fungos coletadas de manguezais do estado de São Paulo e classificadas como potenciais produtoras de agentes antimicrobianos serão avaliadas quanto à capacidade de produção de nanopartículas de prata. As duas linhagens mais efetivas serão selecionadas para o estudo da participação de antraquinonas no processo de formação das nanopartículas e estas serão avaliadas quanto à ação antimicrobiana e adesão em tecidos. Técnicas físico-químicas e bioquímicas serão usadas para caracterização das nanopartículas e das proteínas que geralmente circundam essas partículas, em forma de um envoltório. Espera-se que os resultados contribuam para o entendimento do processo de formação de nanopartículas e que estas tenham aplicação na área de biomateriais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Prata biológica 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, ALEXANDRE GOMES; ROMANO DE OLIVEIRA GONCALVES, PRISCILA JANE; OTTONI, CRISTIANE ANGELICA; RUIZ, RITA DE CASSIA; MORGANO, MARCELO ANTONIO; DE ARAUJO, WELINGTON LUIZ; DE MELO, ITAMAR SOARES; DE SOUZA, ANA OLIVIA. Functional textiles impregnated with biogenic silver nanoparticles from Bionectria ochroleuca and its antimicrobial activity. BIOMEDICAL MICRODEVICES, v. 21, n. 3 SEP 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.