Busca avançada
Ano de início
Entree

Pirólise rápida de palha e cana integral em planta piloto da UNICAMP: experimentação de uma rota eficiente para a produção de biocombustíveis

Processo: 10/51418-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Energização Rural
Pesquisador responsável:Luis Augusto Barbosa Cortez
Beneficiário:Luis Augusto Barbosa Cortez
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biocombustíveis  Cana-de-açúcar  Pirólise 

Resumo

Este trabalho de pesquisa enquadra-se no contexto atual de produção de biocombustíveis via biomassa vegetal no Brasil, entretanto, investigar-se-á uma forma alternativa de utilização da biomassa aplicada em uma rota de conversão não-convencional de alta eficiência. Através deste trabalho, objetiva-se experimentar e modelar os processos de pirólise rápida de palha de cana-de-açúcar e da cana-de-açúcar na forma integral (colmos limpos + 25% da massa de palha), bem como, qualificar e quantificar os biocombustíveis sólidos e líquidos produzidos. Em vista da proposta de aumento da eficiência energética na cadeia produtiva de biocombustível através do processo de pirólise rápida, serão alvo de estudo os balanços energéticos de produção, ou seja, os inputs e outputs de energia nas diversas etapas de processo. Visando avaliar os ganhos energéticos e a atratividade da rota proposta, serão comparados os resultados da pirólise frente às aplicações convencionais da sacarose e do bagaço (produção de etanol, geração de vapor e energia elétrica) e da palha (custo de recuperação e transporte). Diante do conhecimento e experiência atual em pirólise de biomassa, do alto rendimento de produção de biocombustíveis (principalmente bio-óleo e carvão), aliado ao melhor aproveitamento e manuseio da energia primária da cana-de-açúcar e da energia da palha, tem-se como resultados esperados: o sucesso na adequação da planta piloto de pirólise rápida para a operação com cana integral e palha; a promoção do uso racional de recursos naturais; a conversão eficiente de energia primária da cana-de-açúcar e; a obtenção de uma rota alternativa tecnicamente e energeticamente atrativa. (AU)