Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de reações de oxidação de triazinas catalisadas por metaloporfirinas: elucidação dos subprodutos

Processo: 10/50647-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2010 - 30 de abril de 2013
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Convênio/Acordo: FINEP - CT - Infra
Pesquisador responsável:Gisela de Aragão Umbuzeiro
Beneficiário:Gisela de Aragão Umbuzeiro
Instituição-sede: Faculdade de Tecnologia (FT). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Assunto(s):Atrazina  Simazina  Triazinas  Catálise  Herbicidas 

Resumo

Os resíduos de herbicidas triazínicos são compostos com moderada toxicidade, altamente persistente no ambiente e perigosos aos organismos aquáticos, contaminando os mananciais e águas subterrâneas. São muito utilizados em várias culturas inclusive da cana de açúcar. Neste sentido, os processos metabólicos dos herbicidas triazínicos atrazina e simazina, que são os mais amplamente utilizados têm sido estudados na literatura utilizando compostos modelo biomiméticos do citocromo P450. O presente projeto visa o estudo das reações de oxidação catalisadas por metaloporfirinas de rutênio e de segunda geração de ferro, utilizando o peróxido de hidrogênio como oxidante. Dois herbicidas da classe das triazinas (atrazina e simazina) serão tratados e os produtos gerados analisados via cromatografia gasosa associada à espectrometria de massas acoplada à espectrometria de massas (GC/MS/MS), buscando elucidar o mecanismo de degradação dos precursores e as estruturas dos subprodutos. A técnica de separação dos produtos será a extração líquido-líquido (LLE). Espera-se obter informações relevantes sobre os compostos gerados durante os tratamentos relativo a estrutura química dos subprodutos. Espera-se ainda comparar os resultados de eficiência e de seletividade destes catalisadores metaloporfirinicos para o tratamento da atrazina e simazina. (AU)